Os músicos de Deus precisam ter uma meta: a santidade de vida.
HOMEM-NOVO-CANTO-NOVOOlá! Depois de alguns dias, quero partilhar com você um pouco do que foi para mim, mesmo não sendo músico, o “Acampamento para Músicos”, realizado de 14 a 16 de fevereiro aqui na Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP). O encontro foi especialmente voltado para os músicos e teve como tema “O homem novo canta um canto novo”.

Segundo a organização, a grande motivação do evento foi animar os músicos e instrumentistas a refletirem sobre sua vocação e missão na Igreja, para usarem desse dom de Deus, com seriedade e eficácia, como instrumento de salvação. A música é uma grande manifestação da alegria e expressão do amor por abrir o coração dos fiéis e levá-los mais perto de Deus.

Pude acompanhar algumas pregações, de modo especial, a “A vida jamais pode testemunhar contra a Palavra” que foi muito bem ministrada pelo Dunga, no sábado (15) a tarde e acompanhei pela Rádio Canção Nova FM. De modo geral, vejo também que foi um tempo especial de cura, aprendizado, restauração e escuta da Palavra de Deus.

headphones-9 Ouça aqui na íntegra o show  “Músicos Canção Nova e Amigos” (15/02/14)

Músicos celebram grande momento de comunhão

SHOW-CANCAO-NOVA-MUSICOSO único momento que pude estar presente foi durante o show “Músicos Canção Nova e amigos” que teve duração de quase 2 horas. Foi um momento muito bonito e celebrativo. Participaram da apresentação os ministros de música padre Fábio de Melo, Dunga, Ziza Fernandes, Luiz Carvalho, Walmir Alencar, Salette Ferreira, Deivison Silva, Celina Borges, Adriana Arydes, Gil Duarte, padre Joãozinho, Eugênio Jorge e outros.

“É um privilégio cantar com cada um, porque conheço um pouco da história destes meus irmãos e também é emocionante vê-los cantar minha canção” (Luiz Carvalho)

Deus quando o criou, o fez com uma trilha sonora, você não nasceu desprovido das graças do Espírito Santo. Você precisa tomar posse do seu ministério. O nosso ministério começa por um chamado. Se o seu ministério é uma vocação, Deus jamais voltará atrás; seu chamado é irrevogável, sua vocação é dotada para salvar as pessoas. É preciso assumir o nosso ministério como uma vocação!

 

“O que vivemos aqui é prova de que a unidade é possível.” (Padre Fábio de Melo)

“Unidade é cura para todos nós, estamos sendo curados nesta noite.” (Dunga)

Aprenda cantar o canto novo

MONSENHOR-JONAS-ABIB-EUGENIO-JORGE

Fiz questão que houvesse um Círio Pascal aqui. Ele mostra muito mais que a vela, vai desgastando-se e quanto mais se desgasta mais translúcido fica, mais a luz passa. Você músico é a mesma coisa: dá a vida pelas ovelhas do Senhor na hora que for, na hora que precisar. Quando é preciso você entra numa gravação noite adentro. Gasta-se e dá a vida porque você ama profundamente essas ovelhas que precisam de Deus. E porque elas precisam do Pastor, você se torna pastor coadjuvante e dá a vida por essas ovelhas. E como diz a música do Eugênio Jorge: ‘como o rio que se derrama no mar, se derramar de amor…’. É isso que Jesus espera do músico. Os músicos de Deus precisam ter uma meta: a santidade de vida. A vontade de Deus é a vossa santificação e pronto! (Monsenhor Jonas Abib)

 

Veja a lista das pregações realizadas durante o “Acampamento de Músicos 2014”.

  1. Gratidão ao chamado de servir (Padre Wagner Ferreira)
  2. O homem novo sabe qual é o canto novo (Padre Delton Filho)
  3. Faz-me novo (Ricardo Sá)
  4. A vida jamais pode testemunhar contra a Palavra (Dunga)
  5. O homem novo canta um canto novo (Monsenhor Jonas Abib)
  6. A beleza salvará o mundo (Padre Joãozinho)
  7. Instrumento eficaz nas mãos de Deus (Diácono Nelsinho Corrêa)
  8. Deus não nos deu licença para pecar (Dom Alberto Taveira Corrêa)

 

Finalizo com uma pergunta para reflexão: “Que ministro de música você quer ser?”

Que Deus nos abençoe. Até logo!
Santa Cecília, rogai por nós!

 

Cleber dos Santos Rodrigues
Comunidade Canção Nova