Projeto Clara de Assis: A origem da TV Canção Nova

“Clara de nome, mais clara de vida e claríssima de virtudes!”

santa-clara

Dia 11 de agosto é o dia de Santa Clara de Assis e para celebrarmos esta data tão importante na história da Comunidade Canção Nova, partilho com você uma reflexão realizada em 1989, por Monsenhor Jonas Abib, na ocasião de lançamento do “Projeto Clara de Assis”. Assim, pedindo intercessão de Santa Clara deu-se início a arrecadação das doações para a (futura) TV Canção Nova, que entraria ao ar, poucos meses depois, em 8 de dezembro de 1989. Vale a pena ouvir!


 

ico-audio Ouça: “Projeto Clara de Assis” (Monsenhor Jonas Abib)

“Eu te bendigo Pai do céu e da terra, porque escondestes essas coisas aos sábios e entendidos e as revelastes aos pequeninos. Sim, Pai, eu te bendigo porque assim foi do teu agrado. Todas as coisas me foram dadas por meu Pai, e ninguém conhece o Pai se não o Filho e ninguém conhece o Filho senão ao Pai e aquele a quem o Filho quiser revelar.” (Lucas 10,21-22)

Irmãos, foi isso que Jesus disse naquele momento em que viu aqueles homens, mulheres e crianças que na simplicidade em que viviam entendiam sua mensagem. O próprio Pai colocava em seus corações a mensagem que Ele trazia.

Nesta pregação Monsenhor Jonas narra a história de Santa Clara. Aquela que já aos 18 anos, rica e bonita, entendeu o ideal de São Francisco e fugiu de casa para tornar-se a sua companheira. Deus colocou no seu coração toda uma maneira nova de viver o evangelho: o amai-vos uns aos outros!

Nós compreendemos isso e, ao festejar Santa Clara, vemos a história de uma jovem que era rica e muito cobiçada pela nobreza de Assis. Mas quem conquistou o coração de Clara foi Deus e foi Francisco – não o romântico, rico ou o poeta, mas o “pobre” – que também deixou tudo para seguir aquilo que seu coração ditava: a missão de reconstruir a Igreja de Deus. Surge então uma bela amizade entre dois jovens com ideais evangélicos: pobreza, oração, fraternidade.

Santa Clara, que passou a segunda metade de sua vida, acamada e muito doente, sentia vontade de acompanhar as atividades dos franciscanos e das clarissas, inclusive na ocasião de sua morte, Deus concedeu que ela, pudesse ver tudo estampado através de imagens na parede branca de seu quartinho. Assim, naquela época ela pode ver tudo como é hoje na televisão. Por isso, a Igreja a consagrou patrona deste meio de comunicação.

Hoje, o Senhor nos chama a mesma ousadia e coragem de deixarem as suas casas, famílias e mil possibilidades que tinham para aventurar sua vida para evangelizar e evangelizar através dos meios de comunicação. Vivemos também uma vida de dificuldades e pobreza, mas hoje, graças a Deus, estamos espalhando o amor pelo ar.

Tenhamos a coragem de Clara e Francisco

Neste programa, Monsenhor Jonas Abib, faz o lançamento oficial do “Projeto Clara de Assis” anunciando o início das transmissões da TV Canção Nova (ainda como retransmissora da TV Educativa) e define sua missão: “Teremos uma programação toda ela educativa, saudável e cristã. Que entrará no seu lar como uma benção, não como uma desgraça; para educar e não para deseducar; para cristianizar, não para paganizar; para reconstruir a família e não para destruir a família. É uma aventura, eu convido você entrar conosco neste ‘projeto Clara de Assis’. (…). A Rádio Canção Nova começou num ‘presépio de Belém’ e, agora, a TV começará como na ‘Oficina de José’, com poucos instrumentos, mas daqui sairá a Glória do Filho de Deus. Daqui sairá a beleza daquela Sagrada Família, para entrar em nossos lares e fazer das nossas famílias novas sagradas famílias.”

Santa Clara, rogai por nós.


  Curtiu? Deixe seu comentário e compartilhe. 


Que Deus nos abençoe.
Até a próxima.

Cleber Rodrigues

Instagram: @cleberrodrigues_
Comunidade Canção Nova

Previous

Você não é obra do acaso!

Next

Pregações sobre Vocação

3 Comments

  1. Dauri mineiro

    Comunidade Nossa Senhora de L ourdes, Diocese de ITabira, João Evangelista, Jesus jovem e a multidão, capítulo 6; também Maria de Nazaré .

  2. Na festa de Santa Clara , rua oito; bairro jk em Cel Fabriciano!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén