Conheça um pouco mais o mistério sublime e elevado da Ave-Maria, que nem mesmo os homens mais santos e doutos são capazes de compreender e expressar em sua plenitude.

Saudação Angélica

A Ave-Maria, também conhecida como “Saudação Angélica”, é um mistério tão sublime e elevado que o Beato Alano de la Roche julgou que nenhuma criatura pode compreendê-la e que somente nosso Senhor Jesus Cristo, nascido da Santíssima Virgem Maria, pode explicá-la na sua totalidade. A excelência da Ave-Maria se deve principalmente a Virgem de Nazaré, – a quem esta oração foi dirigida, na Anunciação do mistério da Encarnação do Verbo (cf. Lc 1, 28) – para quem foi trazida dos Céus, e ao Arcanjo São Gabriel, que a pronunciou pela primeira vez.

Conheça um pouco mais o mistério sublime e elevado da Ave-Maria, que nem mesmo os homens mais santos e doutos são capazes de compreender e expressar em sua plenitude.

Anunciação do Arcanjo São Gabriel a Virgem Maria.

A Ave-Maria é de uma profundidade tal que resume toda a teologia católica sobre Nossa Senhora. Nesta saudação do Anjo, temos um louvor e uma invocação. O louvor contém tudo o que faz a verdadeira grandeza da Virgem Mãe de Deus e a invocação contém o que devemos a ela e tudo o que podemos esperar de sua bondade maternal em relação a nós. Continue lendo…

Conheça os sublimes mistérios, a beleza inefável e os frutos extraordinários da Ave-Maria

A Ave-Maria ou Saudação Angélica é tão celestial, tão mística e incompreensível a nós, em sua profundidade de significado, que o Beato Alano de La Roche acreditava que nenhuma criatura humana pudesse compreendê-la. Somente Jesus Cristo, o Filho de Deus, que se encarnou e nasceu da Santíssima Virgem Maria, pode realmente explicá-la.

A Saudação Angélica deve sua excelência, primeiramente, à Virgem de Nazaré, a quem foi dirigida a oração, à finalidade da Anunciação da Encarnação do Verbo de Deus, pelo qual essa oração foi trazida do Céu e, também, ao Arcanjo São Gabriel, que foi o primeiro a pronunciá-la. Continue lendo…

As correntes como sinal da consagração de amor a Jesus Cristo e a Nossa Senhora.

A popularização da consagração, ou escravidão de amor, a Jesus Cristo e a Nossa Senhora tem causado curiosidade, dúvida e, às vezes, espanto, especialmente pelo uso das “correntes” ou “cadeias”, por parte de numerosos consagrados.

Duvidas sobre o uso das correntes 

Algumas dessas cadeias passam até despercebidas, pois são discretas, simples, sem brilho. Mas, outras chamam a atenção, pois são de ferro, mais grossas. Algumas lembram realmente escravidão e isso, pode causar reações não muito positivas. Tendo em vista que muitas pessoas tem uma visão errada, ou desconhecem o verdadeiro significado, da consagração e do uso das cadeiazinhas, nos colocamos à disposição para responder algumas perguntas.

Neste artigo, para tirar dúvidas sobre a consagração, especialmente a respeito do uso das correntes, respondemos algumas perguntas, enviadas por Deniele Simões, do Jornal Santuário de Aparecida: Continue lendo…

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com