Saiba quem pode fazer a consagração total a Virgem Maria.

Quem pode fazer a consagração a Maria

A Pietá de Michelangelo

Uma das principais dúvidas que surgem a respeito da consagração total, ou escravidão de amor, a Santíssima Virgem Maria é: quem pode fazer a consagração? Para responder a esta questão, partiremos da definição de que a consagração a Jesus Cristo pelas mãos da Virgem Maria, segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, é uma “perfeita renovação dos votos ou promessas do santo Batismo”1. Como no Batismo, por esta devoção, renunciamos ao Demônio, ao mundo, ao pecado e a nós mesmos, entregando-nos inteiramente a Jesus Cristo pelas mãos da Virgem Maria2. A consagração se faz necessária, em primeiro lugar, porque geralmente quem faz estas promessas em nosso lugar são os pais e padrinhos, a não ser no caso dos batizados depois da idade da razão3. Na maioria dos casos, “a entrega a Jesus Cristo é feita por intermediários”4. Nesta devoção, entregamo-nos a Jesus Cristo por nós mesmos, voluntariamente, e com conhecimento de causa5. Além disso, a consagração se faz necessária também porque facilmente nos esquecemos das promessas batismais. A partir da compreensão preliminar de que a consagração a Nossa Senhora, segundo ensina-nos São Luís Maria, é uma perfeita renovação das promessas batismais, reponderemos a questão: quem pode consagrar-se a Virgem Maria?

Receba o conteúdo deste blog gratuitamente em seu e-mail.

Considerando a consagração como a perfeita renovação dos votos do Batismo, a primeira consequência lógica é que quem vai se consagrar seja batizado na Igreja Católica e tenha pelo menos sete anos de idade, que é considerada a idade da razão. Pois, para assumir com conhecimento de causa esta consagração, é necessário compreender o que ela é e quais os deveres do consagrado a Santíssima Virgem. As crianças menores de sete anos que desejarem se consagrar a Nossa Senhora antes dessa idade podem se consagrar a Deus Pai em Maria, segundo o método do movimento eclesial Armada Branca. Os objetivos principais da Armada Branca são: a formação dos “Ninhos de Oração”, nos quais as crianças oferecem suas orações e sacrifícios a Nossa Senhora; a preparação das crianças para a Sagrada Comunhão logo que estas atinjam da idade do uso da razão. A consagração proposta por este movimento é inspirada na consagração ensinada por São Luís Maria e segundo a vontade do Padre Pio de Pietrelcina6.

Os batizados católicos, e muito mais os consagrados a Virgem Maria, devem renunciar ao Demônio, ao mundo, ao pecado e a si mesmos, entregando-se inteiramente a Jesus Cristo pelas mãos da Virgem Maria. Mas, além destes deveres, como todos os batizados, os consagrados também devem receber os sacramentos no tempo oportuno: a Confirmação ou Crisma; a Confissão ou Penitência; a Comunhão ou Eucaristia. Consequentemente, somente quem está em dia com suas obrigações de católico pode legitimamente consagrar-se a Virgem Maria. Isso não significa que precisamos ser perfeitos para nos consagrar, mas estar em dia com as obrigações que temos perante a Igreja é o mínimo necessário para começar um caminho de santificação, que é justamente o que é a devoção ensinada por São Luís.

Assista aula do Padre Paulo Ricardo sobre “O drama dos casais em segunda união“: 

Ouça aula do Padre Paulo Ricardo sobre “O drama dos casais em segunda união”:

Como consequência desta nossa reflexão, não poderíamos deixar de responder a esta questão: os casais em segunda união podem fazer a consagração? Para começar a responder esta questão, recordamos que a consagração, como vimos acima, é um caminho de santificação que requer a prática sacramental. Como os casais de segunda união vivem um tempo em suas vidas no qual não podem receber os sacramentos, especialmente a Confissão e a Eucaristia, eles não podem viver plenamente a consagração à Nossa Senhora. Não é possível que estas pessoas se consagrem legitimamente, pois elas não podem assumir compromissos da consagração, visto que são incapazes de os cumprir. Por isso, aconselhamos os casais de segunda união a unirem-se à cruz de Cristo, aos seus sofrimentos, e a darem os passos concretos para tentar regularizar suas situações no Tribunal Eclesiástico, que pode declarar a nulidade do matrimônio.

Portanto, sendo a consagração uma perfeita renovação das promessas do Batismo, quem pode consagrar-se a Virgem Maria são aquelas pessoas que podem e querem ser fiéis a Deus e ao compromisso do sacramento que receberam. Primeiramente, é necessário ser batizado e estar em dia com suas obrigações de católico. Pois, como a consagração é um caminho de santificação, não é aconselhável começá-lo sem o mínimo de preparação. Isso não significa que as pessoas que não se consagram não se santificam. É possível a santificação por outros meios, por outros caminhos, que a própria Igreja pode nos indicar. A consagração é um auxílio a mais, é um caminho de santificação mais fácil, rápido, perfeito e seguro para chegar à perfeição cristã7, a Jesus Cristo e à salvação. Por fim, consagrados ou não, entreguemos as nossas vidas a Jesus Cristo pelas mãos da Virgem Maria, pedindo a Mãe do Senhor que nos tome pela mão e nos leve cada vez mais pelos caminhos do seu Filho. Nossa Senhora da Piedade, rogai por nós!

Referências:

2 Cf. idem, ibidem.

3 A Igreja considera que a partir dos sete anos de idade a pessoa pode ter suficiente uso da razão para assumir pessoalmente os direitos e deveres de todo católico batizado. Cf. A SANTA SÉ. Código de Direito Canônico, cânon 11.

4 SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Op. cit., 126.

5 Cf. idem, ibidem.

6 Cf. BLOG TODO DE MARIA. Armada Branca de Nossa Senhora.

7 SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Op. cit., 152.


Natalino Ueda é brasileiro, católico, formado em Filosofia e Teologia. Na consagração a Virgem Maria, segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, explicado no seu livro “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem”, descobriu o caminho fácil, rápido, perfeito e seguro para chegar a Jesus Cristo. Desde então, ensina e escreve sobre esta devoção, o caminho “a Jesus por Maria”, que é hoje o seu maior apostolado.

48 Comentários

  1. quero me consagrar dia 08 de Dezembro, peço suas Orações

  2. Estou a começar a leitura do Tratado da Verdadeira Devoção a Maria a fim de me consagrar à Virgem Santíssima…
    Peço todas as orações e a todos os anjos para estarem comigo nos proximos meses

  3. eu quero me consagra a nossa senhora mais eu nao sei como

  4. FATIMA FERREIRA ALVES

    Natalino gostaria de saber se para fazermos esta consagração total, além de ler o livro se não há necessidade de fazermos algumas reuniões em nossas residencias (estamos em mais ou menos 4 pessoas) com alguém preparado e já consagrado, alguém que tiraria algumas dúvidas enquanto nos preparamos. Desde já obrigada e fique com Deus.

    • Natalino Ueda

      Cara Fátima,
      Se for possível é sempre bom que aconteçam reuniões para rezar, estudar o Tratado e para tirar dúvidas. Que Deus os abençoe e a Virgem Maria providencia a pessoa certa para orientar vocês.
      Natalino,
      Blog Todo de Maria.

  5. Sou casado apenas no civil, porém eu a minha esposa somos casal de primeira união. Posso fazer a consagração?

    • Natalino Ueda

      Caro Elias,
      Para quem é casado, não é possivel fazer a consagração antes de receber o Sacramento do Matrimônio, pois é necessário estar em dia com suas obrigações na Igreja Católica.
      Natalino.

      • Natalino, Salve Maria puríssima, queria saber se posso fazer esta consagração, eu desejo muito mas tenho sofrido bastante com meu passado porque logo agora quando estava decidido a ser escravo de Maria eu acabei me tornando escravo do pecado, chorei demais esses dias porque minha infância e juventude cometi pecados horríveis contra a pureza e castidade, eu já me confessei com o padre, mas esses pecados começaram a me atormentar mais esses dias, fiquei depressivo por conta deles porque parece que a consagração não é pra mim, queria ser Santo mesmo,mas estou sofrendo demais, eu me confessei semanas atrás e já estou afastado da comunhão há muito tempo porque parece que não posso comungar pelos meus horríveis pecados e tenho medo agora, por favor me ajuda será que eu posso me consagrar? Queria romper com o demônio e ser escravo por amor de Maria, e não escravo do demônio como já fui muito tempo! Por favor me ajuda Paz e bem.

  6. Boa tarde , estou no segundo dia de leitura do tratado da devoçao de Maria , porem me veio a duvida.. Estou em processo de nulidade do casamento, estou solteira , faço a confissão e recebo a comunhão, posso me consagrar …
    Aguardo anciosa a sua resposta
    Deus os abençoe

    • Natalino Ueda

      Cara Carmen Sanches,
      Se você está com o Matrimônio em processo de nulidade, mas não está casada novamente, nem está namorando, você pode se consagrar. Você só não poderia se consagrar se estiver em segunda união sem ter recebido a nulidade ou em estado de pecado (vivendo a fornicação, o adultério, ou outro pecado grave sem ter a intenção de deixar de cometer esse pecado). Ainda que você esteja vivendo uma vida de pecado, mas tem a intenção de romper com este, você pode se confessar e preparar-se para fazer a consagração. Durante a preparação, algumas pessoas acabam caindo em pecado, mas mesmo assim não devem desistir, pois esta é uma estratégia do demônio para nos fazer desistir da consagração. Se cairmos, devemos confessar e continuar a nossa preparação. Deus te abençoe e a Virgem Maria te ajude a preparar-se bem para fazer a consagração.
      Natalino.

  7. Sou casado e, posso me consagrar à Maria sozinho ou o melhor é fazer isso juntamente com minha esposa, nós dois?? Tenho dúvida se a consagração de apenas um poderá acabar influenciando na vida do casal.
    Obrigado.

    • Natalino Ueda

      Caro Emerson,
      A consagração é pessoal, mas se for possível seria bom que os dois se consagrassem. Pois, dessa forma seria mais fácil sua esposa compreender as práticas da consagração e consequentemente vivê-las junto com você. No entanto, se ela não desejar fazer a consagração, você pode se consagrar sozinho e entregá-la nas mãos da Virgem Maria, para que ela cuide de sua esposa e da vida do casal. Dessa forma, não vejo você se consagrar possa trazer problemas. Ao contrário, penso que a consagração ajudará você a viver melhor o sacramento do Matrimônio, segundo a vontade de Deus. Que o Senhor te abençoe e a Santíssima Virgem te guarde.
      Natalino.

  8. Sou mãe solteira tenho dois filhos posso me consagrar?Por q nunca ouvi falar de mãe solteira consagrada a Virgem Maria.

    • Natalino Ueda

      Salve Maria!
      O fato de você ser mãe solteira não impede de você ser consagrada a Virgem Maria. O que impede é se você estiver em situação irregular na Igreja. Exemplo: você não pode se consagrar se estiver: casada ou amasiada com alguém sem o sacramento do matrimônio. Para saber mais sobre o assunto, recomendo este artigo: http://blog.cancaonova.com/tododemaria/quem-pode-fazer-a-consagracao-a-maria/
      Qualquer dúvida, por favor, entre em contato.
      Deus te abençoe e a Virgem Maria te guarde hoje e sempre!
      Natalino.

  9. Natalino, bom dia!

    Estou em processo de nulidade, estou namorando e estou seguindo em castidade, posso me consagrar?

    Desde já, obrigada.

    • Natalino Ueda

      Cara Tamme,
      Recomendo que você espere sair a declaração de nulidade do seu Matrimônio, pois enquanto você não recebe esta declaração você continua casada e não poderia namorar. Isso impede que você renove as promessas batismais através da consagração. Pois, renovar as promessas batismais significa romper com o pecado e, mesmo vivendo um namoro casto, você está em estado de pecado.
      Outra alternativa é que você converse com seu namorado, termine o namoro e espere sair a nulidade para voltarem. Dessa forma, você não estaria mais em estado de pecado, poderia se confessar e se consagrar.
      Que Deus te abençoe e a Virgem Maria te oriente no caminho de Jesus Cristo.
      Natalino.

  10. Boa tarde amigo irmao,

    Eu casada, mas so no Civil. o esposa nao quer ir a Igreja. Ja estou envelhecendo e noa posso cumprir com serto deeres catolicos Comunhao estou na legiao de Maria. Mas sempre com pregunta se sloteira ou nao casada na Igreja pode continar a ser Legionaria.

    Muito obrigada
    Maria

  11. Bom dia, Natalino eu fui casada na igreja protestante, e no civil, já me divorciei tenho um filho, estava namorando mas terminei, pois quero me consagrar e sei que estaria em pecado se assim continuasse. mas surgiu-me a dúvida se o fato de ter sido casada na igreja protestante, me faz estar em consonância com as regras da consagração de acordo com o tratado

    • Natalino Ueda

      Cara Adriana,
      O fato de você ter sido casada na igreja protestante não é um problema, desde que você se prepare devidamente e faça uma boa confissão, como todas as outra pessoas que se consagram. A exigência que se faz para que vai se consagrar é o propósito de ser fiel às promessas do Batismo: renunciar ao mal, ao pecado e a Satanás; e cumprir os mandamentos da Lei de Deus e da Igreja.
      Natalino.

  12. Tenho um namorado que e da igreja batista eu sou catolica, quero mim consagrar sera que devo.

    • Natalino Ueda

      Cara Cirlane,
      Você pode se consagrar, sem problemas, desde que tenha a reta intenção de permanecer fiel a Santa Igreja Católica. Recomendo que procure um diretor espiritual. Pode ser um leigo que conheça a consagração para lhe orientar melhor a respeito da sua situação.
      Deus te abençoe e a Virgem Maria te guarde.
      Natalino.

  13. Leandro de Jesus dos Santos

    Eu e a minha mãe somos Padrinho de Batismo da minha prima.E gostaria de saber qual é a diferença entre Padrinhos de Batismo e de Consagração e também quero saber se alguém pode ser consagrada uma vez ou pode ser 2 vezes?

  14. adolescentes sem primeira eucaristia pode fazer a consagração?

    • Natalino Ueda

      Salve Maria!
      Cara Ana,
      Faz parte da espiritualidade da consagração a Virgem Maria, segundo o método de São Luís Maria, a comunhão eucarística. Podemos até dizer que este é o ápice, o ponto mais alto da espiritualidade da consagração. Por isso, recomendo que você faça primeiro pelo menos a 1ª comunhão, para depois se consagrar. Quanto ao Crisma, o ideal é que também tivesse recebido, dependendo da sua idade, mas pode-se fazer depois, já que não faz parte da essência da consagração. Aproveite esse tempo e já vá entregando tudo nas mãos da Virgem Maria, até mesmo esse tempo de espera, como sacrifício de amor a ela e a seu Filho Jesus Cristo.
      Deus te abençoe e a Virgem Maria te guarde.
      Natalino.

  15. Gostaria de saber se uma criança que já é batizada na igreja pode ser consagrada pela segunda vez? Pelo padrinho

  16. Leandro de Jesus dos Santos

    Eu e minha mãe somos Padrinhos de batismo da minha prima. Porém fiquei sabendo que a Consagração é um ato devocional e não faz parte do Sacramento!!
    O Meu pai e a minha tia são Padrinhos de Batismo da minha sobrinha!!! Eu gostaria de saber se uma criança pode ser consagrada várias vezes?

  17. Sou noiva, mas moramos juntos eu posso me consagrar?

    • Natalino Ueda

      Salve Maria!
      Como você está vivendo em situação irregular, recomendo que faça a consagração somente depois de se casar. Pois, mesmo que você se consagre, não poderá viver bem sua consagração, que exige a busca por permanecer em estado de graça, a Confissão e a Comunhão.
      Desde já entregue a Virgem Maria a sua vida, para que ela cuide de todas as coisas, segundo os desígnios de Deus.
      Natalino.

  18. Bom dia, tenho 23 anos e ainda estou Fazendo a Primeira comunhão/crisma, tenho vontade de me consagrar, gostaria de saber se posso fazer agora, ou tenho que esperar ter feito a primeira comunhão?

  19. MARCIA CRISTINA ISSA MARINS PINTO

    Boa tarde! Tenho um neto que deverá ser batizado em fevereiro. Gostaríamos de consagrá-lo também, porém o padrinho de consagração não poderá estar presente no dia do batismo por questões de trabalho e distância de cidades. O meu neto poderá ser consagrado antes de ser batizado? Haverá a oportunidade do encontro de todos agora em dezembro e gostaríamos de fazer esta consagração.

  20. Olá!
    Tenho minha madrinha de batismo, gostaria de saber se posso escolher outra madrinha pra consagração a Nossa Senhora.

    • Natalino Ueda

      Cara Carla,
      A consagração a Nossa Senhora não tem madrinha ou padrinho, mas apenas uma testemunha, que pode ser um Padre ou um leigo. Além disso, essa testemunha é facultativa, ou seja, não é obrigatório nem mesmo ter uma testemunha da consagração. Pois, a consagração não é um sacramento, como o Batismo, mas apenas um compromisso pessoal diante de Jesus Cristo e da Virgem Maria.
      Natalino.

  21. Ola! Tenho 20 anos e vou crismar este ano, pois não crismei no momento certo. Mas ja fiz primeia comunhão. Posso fazer a consagração mesmo assim?

  22. Boa tarde, sou catequista e gostaria de valorizando os 300 anos de N. Sra aparecida sugerir na minha capela a consagração. ano passado vi que teve na capela vizinha e achei muito lindo esse gesto de amor a Maria. Gostaria de saber a partir de que idade as crianças podem se consagrar? como preparar essas pessoas? Como seria essa consagração? porque vi na capela vizinha q teve até m
    adrinha de consagração.

  23. Vou receber minha primeira comunhão em abril mais quero mim consagração em março junto com minha fraternidade posso?

    • Natalino Ueda

      Wilamis,
      O ideal é que tenha feito a primeira comunhão antes de fazer a consagração. Pois, receber a comunhão faz parte da vivência da consagração. No entanto, não há nenhuma proibição explícita nesse sentido. Caso for fazer a consagração mesmo assim, é necessário que pelo menos esteja em estado de graça. Por isso, como recomenda São Luís Maria, é bom confessar-se alguns dias antes da consagração.
      Deus te abençoe e a abençoe e a Virgem Maria te guarde.
      Natalino.

  24. Me convidaram para ser um padrinho de consagração de uma linda menina e eu não sou batizado
    Posso ser padrinho de consagração ?

    • Natalino Ueda

      Caro Thaylison,
      Primeiramente esclarecemos que não existe padrinho de consagração. O que as pessoas podem ter é uma testemunha da consagração, que normalmente é uma pessoa já consagrada a Nossa Senhora. Tendo em vista que você não é nem mesmo batizado, não seria apropriado ser essa testemunha. No entanto, tendo em vista que a testemunha da consagração não é nem mesmo obrigatória e que somente atesta que aquela pessoa fez a consagração, você até poderia ser essa testemunha. De qualquer modo, seria bom consultar o pároco ou responsável da comunidade onde essa pessoa se consagrará. Isto para que não haja um desacordo com o costume adotado para as consagrações nessa comunidade.
      Natalino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com