A visitação da Virgem Maria e a graça do Espírito Santo em nossas vidas.

A visitação da Virgem Maria e a graça do Espírito Santo

Visitação de Nossa Senhora a Isabel

A visitação da Virgem Maria a Isabel1 tem muito a nos ensinar sobre a graça de Jesus Cristo e do Espírito Santo em nossas vidas. Depois da Anunciação do Anjo2, Nossa Senhora, impelida pelo Espírito, partiu apressadamente de Nazaré, na Galileia, até Ain Karin, na Judéia, onde morava sua prima Isabel3. A Mãe de Jesus partiu rapidamente para visitar Isabel, pois tinha na sua casa uma missão a realizar. Da mesma forma, Maria tem pressa em nos visitar, pois tem um desígnio divino a realizar em nossas vidas.

Receba o conteúdo deste blog gratuitamente em seu e-mail.

A Virgem Maria, depois de saber que Isabel estava grávida, foi impelida a visitar aquela família: “Iluminada interiormente pelo Espírito Santo, conheceu que o Verbo humanado, e já feito seu Filho, queria começar a manifestar ao mundo as riquezas de sua misericórdia”4. Jesus escolheu começar a distribuir as primícias de suas graças por meio de sua Mãe à família de Isabel. Por isso, Nossa Senhora partiu apressadamente para a casa de sua prima5, sem se preocupar com as dificuldades da viagem.

A visitação de Maria levou àquela família um derramamento de graças. Mal entrou na casa a Mãe do Senhor, Isabel ficou cheia do Espírito Santo e João Batista foi purificado da culpa original. Por isso, João deu esse grande sinal de júbilo, exultando de alegria no ventre de sua mãe6. Ele queria, com isso, manifestar as graças recebidas por meio de Maria, como declarou sua mãe Isabel: “Porque assim que chegou a voz da tua saudação aos meus ouvidos, logo o menino exultou de prazer em minhas entranhas”7. Em virtude da saudação de Maria a Isabel, João Batista recebeu a graça do Divino Espírito Santo, que o santificou.

Assista homilia do Padre Paulo Ricardo na “Festa da Visitação de Nossa Senhora“: 

Ouça programa do Padre Paulo Ricardo sobre a “Visitação de Nossa Senhora“:

Os primeiros frutos da redenção passaram pelas mãos maternas da Virgem Maria. “Foi ela o canal pelo qual foi comunicada a graça a (João) Batista, e o Espírito Santo a Isabel, o dom da profecia a Zacarias, e tantas outras bênçãos àquela casa”8. Estas foram as primeiras graças que foram distribuídas na terra por Jesus Cristo, o Verbo de Deus humanado. Por isso, é muito justo e razoável crer que “Deus constituiu Maria o aqueduto universal, como a chama São Bernardo, pelo qual, depois daquele tempo, passassem todas as outras graças que o Senhor que dispensar-nos”9.

Assim, a Virgem Maria é a tesoureira e dispensadora das graças divinas. Deus depositou em Maria, como num tesouro de misericórdia, todos os dons da graça e deste enriquece os que O servem. Nossa Senhora encontrou a graça incriada, que é o próprio Deus feito seu Filho e, juntamente com Ele, todos os bens criados. Por isso, se queremos obter alguma graça, supliquemos esta a Mãe de Deus, que nunca deixou de as alcançar para seus servos. “Se, pois, desejamos graças, é necessário que recorramos esta tesoureira e dispensadora das graças, já que “a vontade suprema do Doador de todo bem […] é que todas as graças por mão de Maria se dispensem”10. Nossa Senhora da Visitação, rogai por nós!

Referências bibliográficas:

1 Cf. Lc 1, 39-45.

2 Cf. Lc 1, 26-38.

3 Cf. Lc 1, 39.

4 SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO. Glórias de Maria. 25ª ed. Aparecida: Santuário, 2012, p. 300.

5 Cf. Lc 1, 39.

6 Cf. Lc 1, 44.

7 Lc 1, 44.

8 SANTO AFONSO MARIA DE LIGÓRIO. Op. cit., p. 301.

9 Idem, ibidem.

10 Idem, p. 303-304.


Natalino Ueda é brasileiro, católico, formado em Filosofia e Teologia. Na consagração a Virgem Maria, segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, explicado no seu livro “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem”, descobriu o caminho fácil, rápido, perfeito e seguro para chegar a Jesus Cristo. Desde então, ensina e escreve sobre esta devoção, o caminho “a Jesus por Maria”, que é hoje o seu maior apostolado.

2 Comentários

  1. Estou rezando o terço todos os dias a Virgem Maria, graças vem ocorrendo em minha vida que estava cheia de tristeza, a cada dia venho fortalecendo-me, graças a Virgem Maria.

  2. Antonio Feitosa

    Meu caro amigo, como compatibilizar o ensino da assunção de Maria e a ressurreição dos demais santos e santas de nossa Igreja católica com o texto de 1 Tes 4,13ss? Ali está explícito que os mortos somente ressuscitarão quando da vinda de Jesus Cristo. Me ajude a entender, por favor. Mande a resposta pro meu e-mail. Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com