Jesus Cristo chamava sua Mãe, a Virgem Maria, de mulher.

Jesus Cristo chamnava sua Mãe de mulherNa Palavra de Deus, nos deparamos algumas vezes com Jesus Cristo se dirigindo a Virgem Maria chamando-a de “mulher”. Ficamos curiosos, intrigados e por vezes sem saber o que dizer sobre o tratamento de Filho de Deus para com a Santíssima Virgem. Pelo conhecimento e pela experiência que temos a respeito de nosso Mestre e Senhor Jesus Cristo, sabemos que existem razões para a aparente dureza com que Ele trata a sua Mãe. Dessas razões, destacaremos duas que nos ensinam os santos, que nos ajudarão a compreender o tratamento de Jesus para com Maria.

Receba o conteúdo deste blog gratuitamente em seu e-mail.

A geração de Jesus no ventre de Maria tem algo de muito particular. “Por um privilégio único, ele nascera somente do Pai, sem ter uma mãe. E nascera de uma mãe humana, sem ter pai. Deus sem Mãe, e homem sem pai. Sem mãe, desde todos os tempos. Sem pai, no fim dos tempos” (AGOSTINHO DE HIPONA, A Virgem Maria: cem textos marianos com comentários, p. 142). Maria é a Mãe da carne de Jesus, de sua humanidade, Mãe da fraqueza humana que Ele assumiu por nossa causa. Todavia, o milagre que o Filho realizaria seria graças à Sua divindade (cf. Jo 2, 1-12).

Na cena das bodas de Caná, “sua mãe reclamava um milagre, mas ele parece desconhecer as entranhas humanas, no momento em que vai operar a obra divina. […] Deu, pois, essa resposta a fim de ser distinguido na fé dos crentes: aquele que veio e aquela por meio da qual ele veio” (Idem, p. 143). Jesus Cristo, Deus e Senhor do Céu e da Terra, veio ao mundo por meio de uma mulher. Como Deus e Senhor, Jesus é “Senhor de Maria, o criador de Maria” (Idem, p. 143). Mas, enquanto homem, nascido sob a Lei (cf. Gl 4, 4), Ele é Filho de Maria. Jesus é Filho de Maria segundo a humanidade e Senhor de Maria segundo a divindade. Por ocasião das bodas de Caná, “Jesus queria chamar a atenção sobre a sua divindade, em força da qual estava a operar o milagre”(Idem, p. 144).

A dura pedagogia de Jesus com sua Mãe na Sua infância, na Sua vida pública, e na Paixão do Senhor, provém da sabedoria divina, que não é compreendida por todos os homens (cf. Mt 11, 25). “Maria é a obra-prima por excelência do Altíssimo, cujo conhecimento e domínio ele reservou para si. Maria é a Mãe admirável do Filho, a quem aprouve humilhá-la e ocultá-la durante a vida para lhe favorecer a humildade, tratando-a de “Mulher” (Jo 2, 4; 19, 26), como a uma estrangeira, conquanto em seu Coração a estimasse e amasse mais que todos os anjos e homens” ( TVD 5).

A Santíssima Virgem Maria é o paraíso terrestre do Novo Adão, no qual este Se encarnou por obra do Espírito Santo, para aí operar maravilhas incompreensíveis. Nossa Senhora é o grande, o divino mundo de Deus, onde há belezas e tesouros inefáveis. Maria é a magnificência de Deus, em quem ele escondeu o seu Filho único, e nele tudo que há de mais excelente e mais precioso. “Oh! que grandes coisas e escondidas Deus todo-poderoso realizou nesta criatura admirável, di-lo ela mesma, como obrigada, apesar de sua humildade profunda: Fecit mihi magna qui potens est (Lc 1, 49). O mundo desconhece essas coisas porque é inapto e indigno” (TVD 6).

Assim, Santo Agostinho e São Luís Maria Grignion de Montfort nos ajudam a compreender porque Jesus por vezes parece ser duro e desprezar sua Mãe. Agostinho nos ajuda a entender que longe de ser mal educado com a Virgem Maria, o Mestre queria chamar a nossa atenção para o fato de que Ele é Deus e pode realizar o impossível, ainda que não seja o tempo. Por sua vez, São Luís Maria nos ensina que tratando sua Mãe por “mulher”, Jesus favorecia a humildade de Nossa Senhora. Como verdadeiro pai espiritual, Jesus Cristo ensinou e continua a nos ensinar que Ele é Deus e que favoreceu a humildade da Virgem Maria em vista da sua maternidade espiritual sobre os filhos de Deus.

22 Comentários

  1. Mas… se isso está certo, então a heresia nestoriana não era “heresia”? Perdoe-me a ignorância, pois quero aprender também para uma melhor resposta dar aos irmãos que nos questionam. Então se Jesus é “Deus sem Mãe”, então Maria não seria a Mãe de Deus? o.O Longe de querer questionar Santo Agostinho, doutor da Igreja, mas agora fiquei confusa… Acho que isso pode dar mais argumentos aos nossos irmãos protestantes para falarem com/contra nós… Se Maria é mãe de Jesus, apenas em sua humanidade, como então entender seu título de “Mãe de Deus”? Por favor, preciso de ajuda para entender. Desde já, obrigado pela atenção. SALVE MARIA!

    • Natalino Ueda

      Cara Joelma,
      O que Santo Agostinho quer dizer é que Maria vive duas realidades em relação a Jesus Cristo porque Ele é Deus e homem. Jesus é Deus e enquanto tal Ele é Senhor de Maria. Enquanto Deus ele tem somente o Pai do Céu, pois ela não gerou o Verbo Eterno de Deus. Porém, enquanto homem, Ele é filho de Maria, mas não tem um pai biológico, pois Ele foi gerado pelo Espírito Santo. Por isso o Jesus homem, tem somente uma Mãe, que é a Virgem Maria. Nossa Senhora vive a realidade de ser serva do Senhor, pois Jesus é Deus, mas ao mesmo tempo ela é Mãe de Deus. Tudo isso Santo Agostinho nos diz para que entendamos que ao chamar Maria de “mulher” Ele não está desprezando sua Mãe, mas Ele nos chama a atenção para o fato de que Ele é Deus e enquanto tal Maria não é sua Mãe, mas apenas uma mulher, criatura de Deus. Porém, com isso Jesus não está negando a sua humanidade, tampouco está dizendo que Maria não é sua Mãe. Jesus está dizendo que é Deus e por isso Ele pode mudar água em vinho, pode realizar curas, milagres e prodígios, para aquelas pessoas da Galileia, que não acreditavam Nele pois o conheciam e sabiam que Ele era filho de Maria. Eles não acreditavam na divindade de Jesus, como Pelágio. É interessante que no seu Evangelho Jesus nos deixou um fundamento seguro contra todas as heresias. Para conhecer melhor a interpretação bíblica da Tradição e do Magistério da Igreja, sugiro o estudo do Catecismo da Igreja Católica e dos Santos Padres. Deus te abençoe e a Virgem Maria seja seu auxílio em seus estudos.
      Natalino,
      Blog Todo de Maria.

    • A igreja declara sim que Maria é mãe de Deus mas não por ter gerado Deus afinal ela não gerou. Mas ela é mãe da humanidade de Deus certo ?
      É comum ouvir dizer: “Mãe é uma coisa tão boa que até Deus quis ter uma”.

      Deus teve uma mãe para amparar sua humanidade. Já vi um padre dizer que de todas as coisas não existe nada q seja tão unido como a divindade e a humanidade de Jesus. Afinal, quando adoramos o corpo e sangue de Cristo estamos o adorando em corpo, sangue, alma e divindade não é ? Quando Maria cuidava de Jesus enquanto homem, cuidava por completo.

      • Natalino Ueda

        Cara Bruna,
        A Virgem Maria gerou Jesus Cristo, o Filho de Deus encarnado como um todo, não somente a humanidade separadamente. Uma mãe gera uma pessoa e Deus infunde nela a sua alma. Mas, nem por isso dizemos que a mãe gerou somente o corpo e não a alma. Dizemos que a mãe gerou a pessoa, com seu corpo e sua alma. Da mesma forma, dizemos que a Virgem Maria gerou Jesus Cristo, a segunda Pessoa da Santíssima Trindade, e não somente a Sua humanidade.
        Natalino.

  2. Olá, eu não entendi esse trecho, “Ele pode mudar água em vinho, pode realizar curas, milagres e prodígios, para aquelas pessoas da Galileia, que não acreditavam Nele pois o conheciam e sabiam que Ele era filho de Maria”. Quer dizer que Deus realizava milagres, o impossível até mesmo pra quem não tinha fé? Não acreditava que Ele era capaz? Não entendi…

    Obrigada!

    • Natalino Ueda

      Cara Ana Maria,
      A frase inteira é esta: “Jesus está dizendo que é Deus e por isso Ele pode mudar água em vinho, pode realizar curas, milagres e prodígios, para aquelas pessoas da Galileia, que não acreditavam Nele pois o conheciam e sabiam que Ele era filho de Maria”. A parte que está entre vírgulas: “pode realizar curas, milagres e prodígios” é apenas uma explicação. Para ententer mais facilmente a frase, desconsidere a explicação, lendo somente o começo e o meio da frase: “Jesus está dizendo que é Deus e por isso Ele pode mudar água em vinho, para aquelas pessoas da Galileia, que não acreditavam Nele pois o conheciam e sabiam que Ele era filho de Maria”. Simplificando, Jesus está dizendo para aquelas pessoas da Galileia que Ele é Deus e, por isso, pode realizar milagres. Desculpe se não fui muito claro na frase.
      Natalino,
      Blog Todo de Maria.

  3. Zilma silva de Souza Alves

    Estou muito feliz em descobrir estes ensinamentos de Jesus e Maria, sou leiga mais dedico-me aos estudos da palavra de Deus. Pois sou serva do grupo de Oração e a cada dia estou sendo iluminada e inspirada a testemunhar a vitória deste Deus Maravilhoso que nos ama e nos ensina a amar mais e mais a nossos irmãos. Este Blog de Maria é muito bom. Deus os abençoe.

  4. José Dimas Simão

    Que a paz do Senhor Jesus esteja com todos nos, Ana Maria, fico feliz de ver seu empenho em se imformar para possiveis resposta aos nossos irmão separados, pois uma resposta dessas pode esclarecer uma duvida deles e traser eles devolta pra casa do Pai, imagine que alegria pra nós, e que festa no Cel com certesa não. Que Deus a abençoe e o Espirito Santo a ilumini voce e a todos nós pra esse fim. Felicidade atodos

  5. Por que Jesus não chamava Maria de “MÃE”?Lhe chama apenas de “MULHER”? É por que MULHER significa IGREJA, como assim por exemplo CEFAS – PEDRO. PAZ DO SENHOR. SALVE MARIA IMACULADA.

  6. Quanto enrolação. Tentam justificar algo que não tem justificativa. A bíblia está aí pra nos provar. Tentam confundir inocentes. Tentam incitar adoração a outro além de Deus. Somente Ele é digno de louvor. Ninguém mais. Nem mãe de Jesus, nem pai, nem irmão. Lucas 11:27 e 28: “Ora, aconteceu que, ao dizer Jesus estas palavras, uma mulher, que estava entre a multidão, exclamou e disse-lhe: Bem-aventurada aquela que te concebeu, e os seios que te amamentaram! Ele, porém, respondeu: Antes, bem-aventurados são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam!” Em Lucas 8:21, Cristo acrescenta: “Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a praticam.” Deus não term mãe. Deus é majestoso por si só. Despertem. Além disso, não há necessidade de repetições, nem de 10 Ave-Maria a cada 1 Pai Nosso. Mateus 6: Tu, porém, quando orares, vai para teu quarto e, após ter fechado a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará plenamente. 7 E, quando orardes, não useis de vãs repetições, como fazem os pagãos; pois imaginam que devido ao seu muito falar serão ouvidos. 8 Portanto, não vos assemelheis a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe tudo de que tendes necessidade, antes mesmo que lho peçais. Que o Senhor os abençoe, e os liberte da idolatria (leia-se: toda adoração não direcionada a Deus).

    • Eu gostaria de ver alguém, amigo seu esculachar sua mãe. Queria ver sua reação. Já que você diz que adora somente a Deus. Eu só peço a Jesus que tenha misericórdia de você. Pois, quem não gosta da Mãe, não gosta do Filho. A não ser que teu Jesus nasceu de um toco… aí não falamos mais nisso…

  7. independente de jesus ter ou nao ter mae,. ele nos
    mostrou um caminho para tudo nao acabar na morte.basta crer e aceitar os seus ensinamentos,. arrepender dos pecados..e espetar uma nova vida em um reino especialmente preparado.Fika so correndo atraz de coisas do mundo nao.Senao vc vai ficar pra sempre acampado no concreto frio do. cemiterio

  8. Porque Jesus Deus chama maria de mulher? Por que MARIA significa IGREJA, mãe da Igreja e da humanidade declarado ao pé da Cruz. MULHER do GÊNESIS A APOCALIPSE (g. 3,15) Ela com a sua semente derrotou o mal e nos trouxe a VIDA ETERNA. Teólogo de Maria.

  9. Vamos ler mais a biblia .SALMOS115:1A9

  10. Vou provar na Bíblia protestante que Jesus chama Maria de Mãe:
    Salmo 71; 6
    Bíblia King James Atualizada
    Ora, desde o ventre materno dependo de ti, das entranhas de minha mãe me separaste; dia após dia és motivo de todo o meu louvor.

    João Ferreira de Almeida Atualizada
    Em ti me tenho apoiado desde que nasci; tu és aquele que me tiraste das entranhas de minha mãe. O meu louvor será teu constantemente.

    King James Bible
    By thee have I been holden up from the womb: thou art he that took me out of my mother’s bowels: my praise shall be continually of thee.

    English Revised Version
    By thee have I been holden up from the womb: thou art he that took me out of my mother’s bowels: my praise shall be continually of thee.
    Tesouro da Escritura
    By thee

    Salmos 22:9,10
    Apesar de tudo, foste tu quem me tiraste do ventre e preservaste-me junto ao seio de minha mã

  11. Então quer dizer que desde quando criança Jesus nunca chamou Maria de Mãe?
    Qual a prova que ele nunca chamou Maria de Mãe?
    Pra vc tudo tem que estar na bíblia?

  12. Se Jesus estava no céu antes de nascer, ele sabia quem iria ser sua mãe. Ele também escolheu Maria para sua mãe. Provar que Deus não tem mãe é o mesmo que provar que Deus não tem um filho. Jesus tem um pai. O seu pai e’ pai de Jesus e pai de toda a humanidade. E se Deus sempre teve mãe ? Que sabem os homens de Maria ? Quantas verdades infinitas não estão na bíblia ? Desde bebê que Jesus chamou Maria de mamã, querida mamã. Se Jesus é Deus, Maria andou com Deus ao colo. E Maria está no céu como mãe de Deus,

  13. No tudo que pude entender, naquilo que vim buscar, sobre o porque Jesus chamava Maria, sua mãe de mulher e não de mãe,satisfez-me. Porém, fico abismado com a falta de respeito com que os “protestantes” têm para com a mãe de Jesus, que para mim é Deus. Há uma birra danada contra ela que concebeu Jesus (Deus). Deus poderia vir ao mundo da maneira que Ele bem entendesse, por exemplo: aparecendo no meio da multidão (ai ninguém iria duvidar dEle enquanto Deus), poderia vir no meio do deserto do Sinai e caminhar até Jerusalém , etc, etc, etc. Mas quis Deus, vir como homem, nascer do ventre de uma mulher, ser amamentado, criado, educado no seio de uma família, Deus quis ser homem, viver como tal para que se cumprisse as palavras. Desrespeitar Maria é desrespeitar ao próprio Deus. é lógico que Jesus vivenciava duas situações : a sua divindade e sua humanidade. Mas não me consta em momento nenhum que Ele desrespeitou sua mãe e sim que a amava e na cruz, entregou-a, simbolicamente aos homens, ao dizer a João Batista ” Mãe, eis aí o teu filho; Filho, eis aí sua Mãe”. Um dia ouvi impropérios de um protestante, a respeito de Maria. eu lhe disse: Você acredita em Jesus? Ele me respondeu: sim. Retruquei, imagina o que Ele deve estar sentindo sobre o que você disse sobre a sua mãe. Nós, católicos não adoramos Maria, veneramos que é muito diferente. Adorar É SÓ A DEUS e JESUS É NOSSO ÚNICO SALVADOR. Maria apenas, para nossa fé, é uma intercessora junto a Jesus. Antes que eu me esqueça, se não fosse a Igreja católica, vocês, protestantes não teriam uma bíblia debaixo do braço para rodar por aí falando mal da minha Igreja. Respeitem-na, Ela é tradicional, ela provém desde o início e temos Pedro, o Apóstolo de Jesus, o seu primeiro dirigente (Papa). Sabemos que a nossa Igreja teve e tem muitas imperfeições, pois os homens a dirigem, como a todas; porém respeitem-na, pois que todas as demais (Cristãs)_dela vieram.- Em tempo: se há documentos, papiros, escritos sobre qualquer material que possa ser interpretado como originais para se ter o que chamamos de Bíblia, neste mundo, tudo isto está nos arquivos do Vaticano.

  14. leoncio jose de maelo

    Lucas 1:39-51

    ATENTEM PARA O VERSÍCULO 51; “DISSIPOU OS SOBERBOS NO PENSAMENTOS DE SEUS CORAÇÕES”
    SE ISABEL FOI UMA IDÓLATRA POR QUE A BÍBLIA NÃO HA CONDENOU? PERGUNTO AOS PROTESTANTES! A FÉ CATÓLICA TEM ALEM DA BÍBLIA TODAS AS PROVAS DO TANTO QUE OS PAIS DA IGREJA VENERAVAM (não distorçam para “adoravam Maria”) MARIA, homens santos que tem como diploma de teologia, a própria vida entregue em martírio pela fé gigantesca que tinham, e são esses mesmos homens e mulheres que graças a eles a palavra de Deus por escrita essa mesma que vcs carregam debaixo do braço chegou até vcs e a nós todos, e só podemos dizer que verdadeiramente é palavra de Deus se acreditarmos na igreja desses homens gigantes da fé, ou vcs acham que a biblia caiu do céu ou apareceu aos homens de uma maneira inexplicável? pois então pergunto lhes! o que faz vcs acreditarem cegamente, em homens de gravatinha que fez uma faculdade de teologia e sairam por aí dizendo que encontraram a verdade? já podem até mesmo questionar os verdadeiros teólogos pais da igreja? lembrando que os santos padres pais da igreja não receberam suas teologias na escolinha da esquina na rua tal numero tal não! eles foram formados sem sombra de duvidas diretamente pelo espirito santo, e é só se acreditarmos primeiramente na santidade desses homens é que podemos aceitar a biblia como palavra de Deus, do contrário é loucura pensar como vcs pensam, estudar um livro e através dele questionar os mesmos que os formou. se a igreja a começar por Isabel sempre veneraram Maria com muito amor, porque vcs vão atrás de falsos mestres filhos de uma briga comprada entre Lutero e a igreja? pois saibam que os luteranos e católicos caminham para no futuro fazerem a vontade do proprio Jesus que rogou a Deus para que os apostolos e todos aqueles que irim crer nele para que fossem uma só fé um só batismo um só Deus, e o fanatismo do protestantismo continua levando as desavenças pra frente, fazendo existir coisas onde não tem para criar divisão e promover a mentira, e vcs sabem que é o pai da mentira não sabem? pois é bom para vcs que a acusação que vcs fazem dos católicos sejam verdades, pois quem alimenta o pai da mentira não entra no céu ou vcs acham que entra? se os católicos forem mesmo idólatras bom pra vcs, o céu será todinho de vcs, mas e se Deus não julgar assim os católicos? idolatria é um pecado que se comete no interior da alma, e não externamente, alguém só pode ser idólatra se esse alguem confessar no fundo do seu intimo que ele realmente crê em outro ser como Deus, fora isso a idolatria não é concretizada, sou católico, tenho imagens dos santos dentro da minha casa, que nada mais são do que lembranças dos próprios membros de Cristo que viveu entre nós e continuam vivos ao lado do Pai, pois nem a morte nos separa do amor de Deus, como Isabel venero com muito orgulho e com muito carinho sem um pingo de medo a MÃE DO MEU SENHOR, e não confesso nenhum outro salvador alem de Jesus, nenhum outro Deus alem daquele que gerou Jesus, portanto não tenho medo de ser punido por um crime que eu não cometi, pois como toda a fé católica nos ensina na oração do credo e no catecismo, não confessamos nenhum outro Deus alem do mesmo Deus de vcs, a diferença é que sabemos separar sem fazer confusão qual é o papel e a importancia de Maria e dos Santos na nossa igreja só isso, a confusão toda vem do Pai da mentira que com o intuito de promover a divisão, que é a característica numero 1 do protestantismo caluniam de forma muito perigosa os irmãos em cristo. CUIDADO HEM, SE FOR VERDADE, BOM PRA VCS, MASSSSSSSSSSSSSSS!!!

  15. Euripedes Mendes Santa Cecilia

    Esta explicação de Santo Agostinho que Deus não teve mãe nem pai foi tema da homilia do padre Anderson Gomes da Paróquia N.S.Perpetuo Socorro de Vila Velha-ES no domingo, 24/12/2017. Ele nos deixou meio confusos com sua explanação. Acredito que a maioria dos fiéis ali presentes saíram da missa com muitas dúvidas. Gostaria que o tema fosse melhor apresentado para compreender este fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com