Saiba como o consagrado a Virgem Maria faz a oração inicial do Santo Terço.

Neste artigo de nosso tema “Perguntas e Respostas”, responderemos a pergunta de um consagrado sobre a oração inicial do Santo Terço ou Rosário. O leitor, que não quer se identificar, é um consagrado a Santíssima Virgem Maria segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, descrito no seu clássico livro de espiritualidade mariana chamado “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem”. Segue abaixo a pergunta e, em seguida, a resposta:

Saiba como o consagrado a Virgem Maria faz a oração inicial do Santo Terço.

Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Gostaria de saber como um consagrado a Maria deve fazer o oferecimento do Terço. Uma vez que não posso oferecer e sim apenas pedir a intercessão de Nossa Senhora, é valido trocar a frase ‘nós vos oferecemos’ pela ‘nós vos pedimos’? existe uma forma correta para o consagrado fazer esse oferecimento?

Receba o conteúdo deste blog gratuitamente em seu e-mail.

Como um consagrado faz a oração a oração inicial do Terço?

Na verdade, o consagrado a Santíssima Virgem não pode oferecer as suas orações, como disse nosso leitor. Pois, nessa consagração entregamos tudo nas mãos de Nossa Senhora, para que por ela sejamos inteiramente de Jesus Cristo.

Na consagração, entregamos tudo, sem nenhuma exceção: nosso corpo com todo os seus sentidos; nossa alma com todo seu potencial; todos os nossos bens materiais presentes e futuros; e todos os nossos bens espirituais, que são os méritos, virtudes e boas obras passadas, presentes e futuras, que são entregues nas mãos de Maria para, através desta entrega total, pertencermos mais perfeitamente a Jesus Cristo[1]. Sendo assim, como consagrados, não podemos oferecer os valores satisfatório e meritório[2] de nossas orações, pois não nos pertencem mais. Consequentemente, não devemos fazer o tradicional oferecimento do Santo Rosário:

Divino Jesus, nós Vos oferecemos este Terço que vamos rezar, meditando nos mistérios da nossa Redenção. Concedei-nos, por intercessão da Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe, as virtudes que nos são necessárias para bem rezá-lo e a graça de ganharmos as indulgências desta santa devoção…[3]

É valido trocar as palavras “nós vos oferecemos” por “nós vos pedimos”?

Seria possível trocar as palavras “nós vos oferecemos” por “nós vos pedimos”, se fizermos alguma adaptação. Mas, de qualquer modo, a frase ficaria meio sem sentido. A primeira frase da oração ficaria mais ou menos assim: Divino Jesus, “nós vos pedimos” neste Terço que vamos rezar, contemplando os mistérios da nossa Redenção.

No entanto, além da objeção acima, esta oração não combinaria muito com a consagração. Pois, nos referimos diretamente a Jesus e não primeiramente a Virgem Maria, como seus fiéis consagrados, para que ela apresente as nossas orações a Jesus.

Há ainda outra questão importante quanto a esta oração de oferecimento. No final, pedimos “a graça de ganharmos as indulgências” do Terço que vamos rezar. Podemos e devemos pedir essas indulgências, mas temos que ter consciência de que não as podemos oferecer por nós mesmos ou pelas almas do purgatório. Pois, como consagrados, as indulgências que lucramos não nos pertencem mais. Estas pertencem a Santíssima Virgem, que saberá aplicá-las para a maior glória de Deus e para a salvação das almas, muito melhor do que nós.

Não conhecemos uma fórmula especial para o consagrado fazer seus pedidos na oração inicial do Terço. Além disso, devido às objeções acima e também ao caráter impessoal e formal da oração de oferecimento, recomendamos que a oração inicial seja feita espontaneamente, sem uma fórmula fixa. Esta oração pode ser muito simples, mas, ao mesmo tempo, muito fervorosa, confiante na Virgem Maria e em seu Filho Jesus Cristo.

A oração inicial pode ser mais ou menos assim: Ó Virgem Mãe, na oração deste Terço (ou Rosário), eu vos peço por minhas intenções particulares e por aquelas pessoas que pediram as minhas orações; peço pela Santa Igreja Católica, pelo Santo Padre, por todo o clero, pelas vocações sacerdotais e religiosas, por todos os fiéis, especialmente aqueles que são perseguidos por causa da sua fé, pelas famílias, pelos doentes e pelos agonizantes, pelas almas do purgatório; peço especialmente pelas seguintes intenções…; por fim, desejo as indulgências deste Terço (ou Rosário), para que sejam aplicadas por vós àquelas almas que mais precisarem.

Assista ou ouça programa do Padre Paulo Ricardo com o tema “O Segredo do Rosário”:

Este foi mais um artigo de nosso tema “Perguntas e Respostas” do blog Todo de Maria, que está disponível na lateral direita. Estamos abertos a críticas e possíveis colaborações de nossos leitores. Assim, caso queira, deixe seu comentário abaixo ou mande sua mensagem pelo “Fale Conosco”. Por esse canal, você pode também mandar suas perguntas para serem respondidas em nossos próximos artigos.

Que Deus te abençoe abundantemente e que Nossa Senhora te guarde de todo mal.

Salve Maria!

Links relacionados:

TODO DE MARIA. A consagração e a oração do Terço.

TODO DE MARIA. Como é que eu fico se entrego tudo a Maria?

TODO DE MARIA. O consagrado a Maria pode pedir em suas orações?

Referências:


[1]  Cf. SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, 121.

[2]  Cf. idem, 122.


Natalino Ueda é brasileiro, católico, formado em Filosofia e Teologia. Na consagração a Virgem Maria, segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, explicado no seu livro “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem”, descobriu o caminho fácil, rápido, perfeito e seguro para chegar a Jesus Cristo. Desde então, ensina e escreve sobre esta devoção, o caminho “a Jesus por Maria”, que é hoje o seu maior apostolado.

2 Comentários

  1. Para não ter escrúpulos quanto à oração do terço é só rezá-lo conforme o método que o próprio São Luis Maria o escreveu.

  2. Para não sofrer pela dúvida de como fazer é só rezar o terço pelo método que o próprio São Luis Maria escreveu. Além de meditado, não há o oferecimento do terço tradicional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com