Padre Paulo Ricardo nos fala sobre a sua consagração a Virgem Maria

Padre Paulo nos fala sobre a sua consagração a Virgem MariaO Padre Paulo Ricardo tem pregado muito a respeito da consagração a Virgem Maria, segundo o método do livro “Tratado da Verdadeira devoção à Santíssima Virgem”, de São Luís Maria Grignion de Montfort. Recentemente, o sacerdote pregou na Canção Nova sobre a consagração em nosso processo de santificação. Depois da palestra, Padre Paulo respondeu a algumas perguntas dos presentes sobre a consagração e a devoção a Nossa Senhora. A pedido de nossos leitores, postaremos esta série de artigos, divididos por temas, com as respostas do Padre Paulo. O primeiro artigo foi sobre os protestantes e a devoção a Maria. O segundo, sobre a validade da consagração dos filhos pelos pais. O terceiro artigo responde a algumas perguntas sobre a consagração e a oração do Terço. Neste quarto artigo, Padre Paulo Ricardo testemunha brevemente sobre a sua consagração a Virgem Maria.

Receba o conteúdo deste blog gratuitamente em seu e-mail.

O que levou o Padre Paulo Ricardo a se consagrar depois de 18 anos de sacerdócio?

O que me levou a fazer a consagração foi um milagre do Beato João Paulo II. Eu fui ordenado pelo Papa João Paulo II, no dia 14 de junho de 1992. Eu comecei a descobrir a consagração depois que ele morreu. Eu achava ridículo e insuportável a devoção a Nossa Senhora. Sempre fui devoto de Maria, rezava o Terço, rezava uma Ave-Maria depois da liturgia das horas, falava dela nas pregações, rezava Nossa Senhora no sábado. Eu tinha devoções a ela, mas dizer que tudo era através dela eu achava um devocionismo, um exagero de João Paulo II. Não concordava com o “totus tuus” do Santo Padre. Eu dizia que era todo de Jesus e não todo de Maria. O Papa morreu e lá no Céu ele conseguiu fazer o que não fez aqui na Terra. Eu sempre digo que converter uma Padre é um milagre maior do que levantar uma pessoa da cadeira de rodas, porque é muito difícil. Saiba mais sobre Padre Paulo e sua consagração a Nossa Senhora.

Ouça a palestra e as respostas de Padre Paulo Ricardo na íntegra: Assista vídeo do Padre Paulo Ricardo sobre João Paulo II e a sua devoção a Virgem Maria:

11 Comentários

  1. Vileide Ferreira de Morais.

    olá, pe. Ricardo! amei esta palestra….como faço para conseguir este livro, pois sou uma grande devota de Nossa Senhora, tenho outra consagraçôes, mas queria muito conhecer este…..envia para mim se for possivel

  2. Noémia Godinho

    O Pe. Paulo Ricardo é um sacerdote que ajuda, ensina e nos dá força para caminharmos com Maria, Mãe e advogada dos seus filhos.
    Seria possível receber o conteúdo do blog através do meu mail?
    Muito obrigada, que Maria, Mãe do Belo Amor, nos cubra com o seu manto maternal. Paz e Bem!

    Noémia, escrava de Maria

    • Natalino Ueda

      Cara Noémia,
      Por favor, procure em sua caixa de entrada uma mensagem de verificação de FeedBurner’s “FeedBurner Email Subscriptions,” o serviço de email que envia cadastros para o blog Todo de Maria no seu e-mail. Você precisará clicar no link anexado nesta mensagem para ativar seu cadastro e começar a receber de graça as nossas publicações.

  3. Marina Pedroso Leal

    sempre gosto muito das pregações do Pe Paulo Ricardo maravilhosa esta explicação.

  4. Fátima Auxiliadora dos Santos

    Que benção termos uma Mãe intercedendo nos céus por cada um de nós!!!!! “Tudo por Jesus e nada sem Maria”!!!!!!

  5. “Tudo com Jesus… nada sem Maria”

  6. todos os dias me consagro a Virgem Maria. Eu não tinha intimidade com ela,Pedi a ela que fizesse esse laço comigo, agora sou íntima da Mãe do Céu.

  7. Estou com sua dedicação aos santos inocentes que são covardemente mortos em clínicas sangrentas de abortos !Agradeço ao Bom Deus e aVirgem Imaculada ter nos enviado um sacerdote comprometido com está causa tão justa.Deus te abencoe e guarde de todo mal ,ilumine dando ao senhor os dons e frutos necessários para essa missão!!Obrigada pelo seu sim,padre Paulo Ricardo .

  8. Deus Pai (criador de todas as coisas), se fez homem em Jesus Cristo (seus Filho), concebido pelo Espírito Santo no ventre de Maria.

    Se considero Deus como meu Pai (Pai Nosso que estais no céu…oração ensinada por Jesus) então Jesus (nascido do ventre de uma virgem chamada Maria) é meu irmão. Então, também posso considerar mãe de Jesus como minha mãe.

    “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.
    João 13:34” Se Jesus diz para eu amar a todos porque não amar Maria, a mãe de Deus!!!!!

    Salve a Bem aventurada Maria.

  9. Adriana Lopes Pereira de Sousa

    A pregação do padre Paulo Ricardo é uma catequese .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com