A Virgem Maria chorou na paixão e morte de seu Filho Jesus Cristo e chora pela morte de cada um de seus filhos.

A escritora Ana Lígia Lira fez a experiência de compreender que a Santíssima Virgem Maria chorava com ela em um momento de profundo sofrimento em sua vida. Seu testemunho nos ajuda a compreender que a Mãe de Deus é também nossa Mãe e que ela se entristece quando estamos tristes, sofre quando sofremos, chora quando choramos. Nas linhas que se seguem, conheceremos essa experiência, que certamente nos ajudará a aproximar-nos de Nossa Senhora e de compreendê-la melhor, especialmente nos momentos de angústia e de sofrimento.

A Virgem Maria chorou na paixão e morte de seu Filho Jesus Cristo e chora pela morte de cada um de seus filhos.

Nossa Senhora das Dores

Minha relação com Maria não foi nada fácil. Fomos por um caminho permeado por incompreensão, revolta, cobranças e lágrimas, muitas lágrimas.

Sou escritora e dediquei três anos de minha vida às pesquisas sobre as supostas[1] aparições de Nossa Senhora em um pequeno lugarejo do interior de Pernambuco, chamado Cimbres. Durante este período, não faltaram os testemunhos de milagres, livramentos e tantas outras coisas fantásticas que os devotos marianos me contavam. Eu ficava maravilhada com tudo aquilo. Era um mundo novo que se apresentava diante de meus olhos. Olhos que sempre foram incrédulos, como são os olhos daqueles que, como eu, se voltaram para a pesquisa e a ciência. Continue lendo…

Conheça o testemunho de uma mulher que insistentemente pediu e foi conduzida ao altar pela Virgem Maria.

A presença discreta da Santíssima Virgem Maria na vida de Priscila Dalcin a foi conduzindo ao altar. Sua história com a Mãe de Deus começou a adolescência e permanece até hoje, marcando profundamente a sua vida. Principalmente nas horas mais difíceis, Nossa Senhora esteve sempre presente, socorrendo-a em todas as suas necessidades. Conheça este testemunho da presença amorosa da Virgem Maria na vida desta sua filha:

Conheça o testemunho de uma mulher que insistentemente pediu e foi conduzida ao altar pela Virgem Maria.

Priscila Dalcin no Acampamento de Ano Novo 2014 na Canção Nova

Singela e discreta, Nossa Senhora sempre esteve ao meu lado. Porém, mesmo com diversos sinais, eu não compreendia a Sua presença em minha vida e só a conheci após uma longa caminhada. Protegida por seu manto, fui acolhida como filha, chamada a imitar Suas virtudes e a abandonar-me em Seus braços maternais. Quão doce e reconfortante é poder estar com nossa Mãe Santíssima! Continue lendo…

Em entrevista exclusiva para o blog Todo de Maria, Melissa Bergonso conta-nos um pouco de sua vida, especialmente sobre sua família, e de como tudo recebeu das mãos de Nossa Senhora. A entrevistada é uma jovem senhora, católica de berço, que viveu e continua vivendo uma linda experiência com Deus e com a Virgem Maria. Em nossos dias, nos quais as pessoas cada vez mais se preocupam com a carreira profissional, os altos salários, os bens materiais, e ter muitos filhos deixou de ser o sonho da maioria dos casais, até mesmo entre os católicos, a vida de Melissa Bergonso, esta mulher católica autêntica, nos edifica profundamente.

Em entrevista imperdível, Melissa Bergonso testemunha que, em sua vida, tudo recebeu das mãos de Nossa Senhora.

Nossa Senhora de Fátima

Na entrevista de Melissa, temos a belíssima história de uma mulher que não hesitou em deixar sua profissão para dedicar-se inteiramente à sua família, ao seu esposo e aos seus filhos. Ela diz o quanto foi importante a devoção a Nossa Senhora para a sua fé católica, para que ela permanecesse no caminho de Jesus Cristo. Conta também o quando a devoção mariana é importante ainda hoje, na sua espiritualidade, na vida familiar, na educação dos filhos, no seu apostolado na internet, enfim, em todas as áreas da sua vida. Continue lendo…

Conheça o testemunho de Angelina Carraro, uma mulher que diz com convicção: meu espelho há de ser Maria, visto que sou sua filha!

“Mi espejo ha de ser María. Puesto que soy su hija”1. Certamente, essa frase da querida Santa Teresa de Los Andes é o norte de toda minha vida espiritual. Explicarei o porquê de tal afirmação.

Meu nome é Angelina, tenho 25 anos, sou mãe do João Bento, casada há quase quatro anos e escrava de amor a Jesus pelas mãos de Maria há seis anos. Nasci em família católica, fiz catequese, primeira Eucaristia e Crisma, mas deixei de frequentar a Igreja logo no início da adolescência.

Conheça o testemunho de Angelina Carraro, uma mulher que diz com convicção: meu espelho há de ser Maria, visto que sou sua filha!

Nossa Senhora de Fátima

Fiz o ensino médio e entrei para a faculdade de Física, onde me afastei ainda mais de Deus e comecei a viver um ateísmo prático. Meus professores e colegas de turma, em sua grande maioria, zombavam da fé católica e declaravam-se ateus. Eu nunca havia tido contato com essa realidade e, por estar fraca na fé, acabei cedendo ao pensamento relativista que dominava meu círculo de estudos. Por mim mesma, jamais conseguiria sair daquele meio. Até que um dia, com interesses alheios à Igreja, fui participar de um grupo de oração no dia das mães. Continue lendo…

A Virgem Maria é o caminho de amor para chegar ao Coração de Jesus Cristo.

Neste artigo, temos um testemunho, desta vez de uma de nossas leitoras, que descreve a Virgem Maria como “o caminho de amor ao coração de Jesus”. Thaís Oliveira, de Minas Gerais, depois de ler o recente testemunho de Carlos Eduardo Moraes, quis partilhar o seu, sobre a presença de Nossa Senhora em sua vida. Agradecemos a Carlos Eduardo e a Thaís por terem nos enviado seus testemunhos e parabenizamos pela coragem de ambos em partilhar suas vidas, para nosso maior conhecimento de Maria e para maior glória de Deus. Apresentamos o testemunho de Thaís na íntegra; acrescentamos apenas os subtítulos e os áudios e vídeos:

A Virgem Maria é o caminho de amor para chegar ao coração de Jesus Cristo.

Nossa Senhora de Fátima

Tudo começou na minha infância, quando tinha 9 anos. Estava na escola, esperando meu pai me buscar, e enquanto ele não chegava estava brincando de pique esconde com minha irmã e umas colegas. Não consegui me esconder em nenhum lugar, então segui minha irmã e uma outra menina que pularam uma rampa e se esconderam em cima de um telhado, que era de fácil acesso. Elas não queriam que eu subisse ali também, mas mesmo assim eu fui. Continue lendo…

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com