A Associação Maria Rainha dos Corações como confraria desejada por São Luís de Montfort para os consagrados a Jesus por Maria.

São Luís Maria Grignion de Montfort foi o grande inspirador da Associação ou Confraria “Maria Rainha dos Corações”. Este grande Apóstolo da Santíssima Virgem se preocupava em oferecer os meios para garantir a perseverança daqueles que, durante as missões que pregava, renovavam, pelas mãos de Maria, seus votos e promessas batismais.

São Luís tinha um profundo senso de Igreja. Ele sabia perfeitamente que o católico não deve ser um solitário. Ao contrário, deve fazer parte de uma comunidade, da qual necessita e com a qual tem certos deveres. O Santo também tinha consciência de que o batismo consagra-nos a Jesus Cristo e a seu serviço: “o batismo nos converteu em verdadeiros escravos de Jesus Cristo a tal ponto que não devemos mais viver, trabalhar nem morrer senão para dar frutos para esse Deus-homem…”[1].

Inscreva-se e receba o conteúdo deste blog gratuitamente em seu e-mail.

A dimensão comunitária do apostolado católico

A comunidade eclesial – em seus diferentes níveis: paroquial, diocesano, nacional, universal – percebeu que seus membros formam grupos, associações ou movimentos úteis para a sua vida espiritual e para uma ação apostólica para a qual se sentem chamados. No tempo de São Luís Maria, os fiéis se organizavam em confrarias, adaptadas às diferentes categorias de pessoas: Associação de Moças, de São Miguel para os soldados ou grupos de batizados de acordo com suas afinidades espirituais, como Confraria do Rosário, que Montfort muito estimava. Ele insistiu muito na dimensão comunitária da ação apostólica.

O grupo dos apóstolos, que estava sempre com Jesus, era para Montfort o modelo de todos os que se sentem chamados a continuar a missão. Isso vale de modo particular para os missionários da Companhia de Maria ou Monfortinos, que tem como carisma viver ao estilo dos apóstolos, tendo por modelo o grupo dos apóstolos, em seu modo de viver e de agir, compartilhando a mesma confiança filial de Jesus para com o Pai, num abandono total à Providência, pondo tudo em comum, e livres de qualquer empecilho para dedicar-se totalmente à missão, à vinda do Reino de Jesus Cristo e da Virgem Maria[2].

A dimensão comunitária da consagração e a Associação

Todos os consagrados a Jesus por Maria são convidados a reunir-se ao aconchego do manto de Nossa Senhora, de acordo com seu estado de vida e suas possibilidades para, dirigidos por ela, se comprometerem no serviço da missão confiada à Igreja. Montfort esperava “um esquadrão de bravos e valorosos soldados de Jesus e de Maria de ambos os sexos…”[3]. Esta passagem mostra claramente que seu convite e esperança não estavam somente nos sacerdotes da Companhia. Por sua biografia e seus escritos, sabemos que ele também chamou leigos para sua missão apostólica.

Muitos movimentos, grupos, inclusive institutos – estes às vezes vinculados de algum modo à Companhia de Maria ou independentes dela – adotaram o caminho experimentado por São Luís Maria de Montfort para chegar a Jesus por Maria, como é o caso particular da Legião de Maria. O Santo missionário desejava também que os consagrados a Jesus por Maria encontrassem uma confraria na qual pudessem se inscrever: “Aqueles que quiserem entrar nesta devoção particular, não erigida ainda como confraria, embora isso fosse desejável…”[4]. Este desejo do Santo foi realizado, a Confraria foi erigida e os que fazem a consagração podem ingressar na Associação Maria Rainha dos Corações.

O que é a Associação Maria Rainha dos Corações?

A pertença à Confraria, a consagração ou a inscrição não impõem nenhum apostolado específico, a não ser de viver e propagar, pelo exemplo e pela palavra, o Reino de Jesus por Maria. Além disso, o associado permanece no estado de vida e nas condições em que se encontra no momento de sua adesão, ou seja, não se trata de fazer um voto religioso. O associado não abandona o convívio familiar, o trabalho, a vida social, mas se esforça para levar o bom odor de Cristo aonde quer que vá (cf. 2 Cor 1, 15). Deste modo, favorece-se a propagação, a ação com profundidade, da espiritualidade monfortina em todos os meios, em todas as esferas da vida humana, em todas as formas de apostolado silencioso e de atividade apostólica.

A expansão da espiritualidade monfortina, da consagração total, o mistério de Jesus que vive e reina em Maria, esta preparação ao reinado de Jesus por Maria em todos os âmbitos da sociedade é a alma de todo apostolado dos membros da Associação.

A Associação é uma escola de vida profundamente cristã sob a proteção materna de Maria, um caminho para viver em plenitude a aliança batismal aonde o Senhor nos chama.

As indulgências concedidas aos membros da Associação

A fim de que os membros da Associação Maria Rainha dos Corações recebam os mais abundantes frutos nos dias de piedade e caridade, consagrando-se a Cristo por Maria, sua dulcíssima Mãe, segundo o espírito e o preclaro exemplo de São Luís Maria Grignion de Montfort, a Penitenciaria Apostólica concedeu a todos os associados “Indulgência Plenária” em algumas datas, desde que se cumpram as exigências habituais:

  • Confissão sacramental, comunhão eucarística e oração pelas intenções do Santo Padre;
  • Não ter nenhum afeto para com o pecado;
  • Fazer ou renovar, pelo menos privadamente, a promessa de observar fielmente as regras dos estatutos da Associação.

As datas em que é concedida a Indulgência Plenária são as seguintes:

  • O dia da inscrição na Associação Maria Rainha dos Corações;
  • A Quinta-feira Santa;
  • As festas litúrgicas de Natal e da Anunciação, da Imaculada Conceição da Santíssima Virgem e de São Luís Maria Grignion de Montfort;
  • O primeiro sábado de cada mês.

Como fazer a inscrição na Associação Maria Rainha dos Corações?

Os consagrados a Jesus por Maria segundo o método de São Luís Maria que desejarem fazer parte da Associação Maria Rainha dos Corações podem enviar uma mensagem por e-mail ou carta contando suas experiências como consagrados e suas motivações para tornarem-se membros da Confraria. Segue abaixo um link para mais informações, bem como o endereço de e-mail e de correspondência dos Missionários Monfortinos:

  • Mais informações no site: monfortinos.com
  • Endereço de e-mail: espiritualidademonfortina@hotmail.com
  • Endereço para correspondência:
    Missionários Monfortinos
    Caixa postal 52
    CEP: 35930-970 – João Monlevade-MG

Links relacionados:

TODO DE MARIA. A Oração Abrasada de São Luís Maria.
TODO DE MARIA. A origem do Tratado.
TODO DE MARIA. O início da missão de São Luís Maria.
TODO DE MARIA. São Luís Maria, missionário até a morte.

Referências:


[1]  SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, 68.
[2]  Cf. MISSIONÁRIOS MONFORTINOS. Estatutos da Associação Maria, Rainha dos Corações, p. 11-12.
[3]  SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Op. cit., 114.
[4]  Idem, 227.


Natalino Ueda é brasileiro, católico, formado em Filosofia e Teologia. Na consagração a Virgem Maria, segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, explicado no seu livro “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem”, descobriu o caminho fácil, rápido, perfeito e seguro para chegar a Jesus Cristo. Desde então, ensina e escreve sobre esta devoção, o caminho “a Jesus por Maria”, que é hoje o seu maior apostolado.

4 Comentários

  1. Diácono Rogério Ruiz Soler

    Paz e bem!
    Estamos nos preparando, eu e minha esposa, para a consagração à Maria segundo o método de São Luiz Maria de Montfort. É uma alegria muito grande. Já somos dela e seremos mais ainda. Muito bom conhecer vocês. Rezem por nós. Nossa consagração será na festa da Assunção de Nossa Senhora dia 19 de agosto.
    Obrigado.
    Deus os abençoe!!!
    Diácono Rogério Ruiz Soler e esposa Lisete.
    Arquidiocese de São Paulo

    • Natalino Ueda

      Caríssimos Diácono Rogério Ruiz Soler e sua esposa Lisete,
      Salve Maria!
      Amém! Por nada. Ficamos muito felizes pela consagração de vocês a Santíssima Virgem!
      Contem com nossas orações! Deus os abençoe!

  2. Caro Natalino Ueda,

    Meus parabéns pelo belo trabalho! Na verdade o trabalho mais bem organizado, mais amplo, completo e fiel à espiritualidade São Luís de Montfort que já vi no Brasil desde sempre e claro, fiel inclusive à herança monfortina nas congregações fundadas por S.Luis Maria de Montfort! Seu coração é monfortino!

    Sou leigo, casado e consagrado à Virgem desde 1999 época em que estive como seminarista dos Missionários Monfortinos com os quais compartilhei minha vida por 6 anos.
    Hoje posso um canal no qual compartilho um pouco dessa espiritualidade em tópicos.
    Caso queira conhecer o canal e deixar sua impressão ou mesmo compartilharmos experiências dessa rica espiritualidade, estou à disposição!
    Via Teofilus https://www.youtube.com/channel/UCMUBBZviXegGvy0BNnCsD5w

    Reine em nossos coração o pruto Amor de Deus!

    • Natalino Ueda

      Caro Alexandre Teofilus,
      Salve Maria!
      Fico feliz que tenha gostado do blog Todo de Maria.
      Que bom que também tem um canal de evangelização pela internet!
      Com certeza vou dar uma olhada no seu canal.
      Mais tarde, com certeza podemos compartilhar nossas experiências!
      Deus abençoe você, sua família e seu apostolado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com