Por que a Virgem Maria é o molde perfeito de Jesus Cristo?

Por que Maria nos configura a Cristo?A Virgem Maria é o molde perfeito de Jesus Cristo, que nos ajuda a ser fiel às promessas batismais. Porém, para sermos fiéis as nossas promessas do batismo, é necessário que Cristo seja gerado em nós. Mas, como é que isso acontece? Este é a terceiro artigo de uma série, que são retirados de palestras do Padre Paulo Ricardo no I Consagra-te de Cuiabá, em 2011. O primeiro post teve como tema “Como ser fiel a Jesus Cristo?”. Esta é a continuação do segundo post, intitulado “Como ter a têmpera dos mártires?”.

São Luís Maria Grignion de Montfort ensina, no “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”, que há dois modos de fazer uma estátua. Eu posso pegar um bloco de mármore e ir com um cinzel tirando aqueles pedaços de pedra que eu não desejo e vou fazendo a estátua. Esse método é bom, mas é muito arriscado, porque se o cinzel bater onde você não quer, o bloco de mármore pode ser perdido completamente. Porém, existe um outro método e este é muito mais tranquilo. É você usar um molde. Nele você derrama, o bronze e está pronta a imagem. Esse segundo método tem uma grande vantagem, você pode repeti-lo quantas vezes quiser e fazer centenas, milhares de imagens idênticas. Mas existe uma condição. O molde precisa ser perfeito, o molde precisa ser sem defeito.

Receba o conteúdo deste blog gratuitamente em seu e-mail.

Durante muitos anos na minha vida de padre eu tentei, através da direção espiritual, moldar pessoas pare serem santas, serem outros cristos. Às vezes de forma melhor, às vezes de forma pior, você vai moldando. Até que eu conheci um método mais fácil de moldar pessoas conforme Cristo que é infalível. O molde chama-se Maria. Você não fica mais dependendo da arte, da capacidade, da destreza do seu diretor espiritual. Você tem um molde, é a Virgem Maria. Só que para que você seja modelado conforme Cristo é necessário que você seja dócil. Como é que eu vou pegar um pedaço de bronze sólido e fazer uma estátua? É necessário liquefazer, é necessário que ele seja fundido, que ele se torne líquido, para que, derramado nesse molde possa se conformar a ele. É isto a escravidão a Virgem Maria.

A escravidão a Virgem Maria é você se tornar dócil, ser capaz de ser modelado. Jesus nasceu da Virgem Maria e o seu útero é o molde, é o lugar onde Jesus, o Filho de Deus foi gerado aqui na história, e é o lugar onde qualquer filho de Deus é gerado. Deus escolheu gerar seu Filho por Maria. Não é culpa da Virgem Maria, nem nossa, mas é uma eleição, uma escolha, uma bondade, uma graça de Deus. Os protestantes podem espernear o quanto quiserem, dizer que Maria é uma mulher qualquer. Eles sabem que isso não é verdade, que isso é uma mentira satânica. Porque uma mulher qualquer não gerou o filho de Deus feito homem.

Ela é especial porque seu Filho é especial. “Doravante todas as gerações me proclamarão bem aventurada, porque o poderoso fez em mim maravilhas” (Lc 1, 48). A maravilha é Jesus, mas fez nela, o molde é ela, o útero foi dela, o instrumento foi ela. Deus é constante, e isso quer dizer que se Ele se encarnou assim, Ele continuará se encarnando assim. Isso quer dizer que onde quer que Cristo seja gerado , está lá o molde, está lá o útero da Virgem Maria, está lá a mulher através da qual Ele veio ao mundo, porque Deus e constante na sua ação. Se nós queremos ser gerados conforme o coração de Nosso Senhor Jesus Cristo, nós precisamos nos derramar nesse molde, que é a Virgem Maria. Esta é a escravidão. A palavra que São Luís Maria usa é uma escandalosa, a gente fica chocado com ela, porque escravidão é desumano. Mas, quando nos fazemos escravos de Nossa Senhora, ela nos trata como mãe e nos leva a seu Filho Jesus Cristo.

Confira as palestras em vídeo na íntegra, no site consagra-te.com


Natalino Ueda é brasileiro, católico, formado em Filosofia e Teologia. Na consagração a Virgem Maria, segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, explicado no seu livro “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem”, descobriu o caminho fácil, rápido, perfeito e seguro para chegar a Jesus Cristo. Desde então, ensina e escreve sobre esta devoção, o caminho “a Jesus por Maria”, que é hoje o seu maior apostolado.

1 comentário

  1. Sou da legião de maria , há 10 anos e todos os anos nos Consagramos a Vírgem Maria . mas só agora tive a oportunidade de ganhar o livrinho do Tratado Verdadeiro da Devoção a Virgem Maria escrito por São Luís Maria de Montfort. Foi um presentão que minha filha me deu , quando estive , últimamente na residencia dela em São Paulo. Tanto minha filha como meu genro são muito católicos , graças a Deus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com