A mensagem das aparições de Nossa Senhora Rosa Mística e os recentes casos de abuso sexual nos ajudam a compreender a necessidade da oração, do sacrifício e da penitência.

Os recentes casos de abuso sexual por parte de membros da Igreja Católica, principalmente contra crianças, nos recordam das aparições de Nossa Senhora Rosa Mística, nas quais ela falou dos pecados cometidos por padres e religiosos. Os casos mais escandalosos aconteceram na Irlanda e nos Estados Unidos. Somente na Pensilvânia, nos EUA, um relatório de mais de dois anos de investigação relata casos de abusos sexuais cometidos por mais de 300 padres contra mais de 1000 vítimas em seis das oito dioceses católicas do estado: Allentown, Erie, Greensburg, Harrisburg, Pittsburgh e Scranton[1].

A mensagem das aparições de Nossa Senhora Rosa Mística e os recentes casos de abuso sexual nos ajudam a compreender a necessidade da oração, do sacrifício e da penitência.

Nossa Senhora Rosa Mística

No ano de 1947, a Virgem Maria apareceu a Pierina Gilli no Hospital de Montechiare, onde trabalhava como enfermeira. Ela rezava na capela do Hospital quando viu Nossa Senhora. Na primeira aparição, a Santíssima Virgem tinha três espadas cravadas em seu peito. Na segunda, ela trazia três rosas, na altura do peito, de três cores diferentes: branco, vermelho e dourado. Veremos o significado das três rosas e das três espadas, para compreendermos a necessidade da oração, do sacrifício e da penitência, especialmente pelos sacerdotes e religiosos.

Inscreva-se e receba o conteúdo deste blog gratuitamente em seu e-mail.

O significado das três rosas e das três espadas

A rosa branca de Nossa Senhora Rosa Mística, segundo as revelações da própria Virgem Maria a Pierina, significa o seu pedido para que nos abramos ao espírito de oração. A espada que estava no lugar desta rosa simbolizava a diminuição das vocações. Em reparação deste mal, quando nos abrimos ao espírito de oração, as vocações aumentam. Sendo assim, ofereçamos uma rosa branca a Nossa Senhora pelo aumento das vocações, especialmente no fim deste mês vocacional.

A rosa vermelha da Rosa Mística simboliza o espírito de expiação e de sacrifício. A espada que estava no lugar desta rosa simbolizava os pecados cometidos pelos religiosos, monges, monjas e padres. Isto significa que devemos fazer e oferecer sacrifícios pela conversão dos membros pecadores da Igreja. Nossos pequenos sacrifícios do dia a dia, quando oferecidos a Deus com amor, podem se transformar em bênçãos sobre os padres e religiosos que precisam de nossa intercessão.

A rosa dourada simboliza o espírito de penitência que devemos ter. A espada que estava no lugar desta rosa simbolizava a traição que sacerdotes e religiosos cometeram contra Jesus e o seu ódio contra a Igreja. Devemos ter esse espírito de penitência em reparação desses pecados e para que esses males sejam extirpados da Igreja.

Assim, a devoção a Nossa Senhora Rosa Mística existe para que intercedamos pelos membros da Igreja, especialmente aqueles mais pecadores e necessitados da Misericórdia divina. Se amamos a Igreja Católica, devemos atender aos pedidos de Nossa Senhora Rosa Mística e nos abrir ao espírito de oração, sacrifício e penitência. De modo particular, rezemos e façamos penitências e sacrifícios por aqueles que cometeram abusos e também por aquelas pessoas que sofreram abusos, principalmente por aquelas que carregam até hoje as marcas desse grande mal dentro da Igreja.

Oração a Nossa senhora Rosa Mística

Virgem Imaculada, Mãe da Graça, Rosa Mística, em honra de vosso filho Jesus, nos ajoelhamos diante de vós a implorar a Misericórdia divina. Não por nossos méritos, mas pela vontade do vosso Coração maternal, nós vos suplicamos que nos conceda proteção e graça com a certeza de que nos haveis de atender. Rosa Mística, Mãe de Jesus, Rainha do Santo Rosário, Corpo Místico de Cristo, nós vos pedimos que concedas ao mundo, dilacerado pela discórdia, a unidade e a paz e todas aquelas graças que podem mudar o coração de vossos filhos. Rosa Mística, Rainha dos Apóstolos, fazei florescer a volta da mesa da Eucaristia muitas vocações sacerdotais e religiosas, que difundam com a santidade de suas vidas e com o zelo apostólico pelas almas, o Reino do vosso Filho Jesus por todo o mundo. E derramai sobre nós a abundância de vossas graças. Ave Maria. Nossa Senhora da Rosa Mística, rogai por nós. Amém[2].

Links relacionados:

TODO DE MARIA. A mensagem de Nossa Senhora Rosa Mística.
TODO DE MARIA. Maria Rosa Mística e nosso jardim espiritual.
TODO DE MARIA. Nossa Senhora Rosa Mística e as aparições de Fátima.
TODO DE MARIA. Os pedidos e as promessas de Nossa Senhora Rosa Mística.
TODO DE MARIA. Rosa Mística, O Jardim Celestial Perfeito.

Referências:



Natalino Ueda é brasileiro, católico, formado em Filosofia e Teologia. Na consagração a Virgem Maria, segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, explicado no seu livro “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem”, descobriu o caminho fácil, rápido, perfeito e seguro para chegar a Jesus Cristo. Desde então, ensina e escreve sobre esta devoção, o caminho “a Jesus por Maria”, que é hoje o seu maior apostolado.

2 Comentários

  1. Edmundo Amadeus Albers

    Caríssimo Natalino,

    Que lindo texto! E corajoso. Infelizmente, 99% dos padres e bispos, calam sobre os abusos cometidos por clérigos. Agem como se nada tivesse ocorrido. Que triste. Na minha diocese de Porto Alegre, o bispo Dom Jaime Spengler, não veio a público uma só vez para tentar aplacar a vergonha e a dor que os católicos sofrem. A única voz que confessa dor e vergonha, e humildemente pede perdão, é a do Papa Francisco. E que ainda é atacado dentro da Igreja. Caro Natalino, onde tudo isto vai parar?

    • Natalino Ueda

      Caro Edmundo,
      Infelizmente, “todas estas coisas são o princípio de dores” (Mt 24, 8). As Sagradas Escrituras e as profecias de Nossa Senhora em suas aparições nos ajudam a compreender que no fim dos tempos as coisas estarão muito piores. Por isso, rezemos para que todos esses sofrimentos sejam abreviados, conforme nos diz as Escrituras: “Se aqueles dias não fossem abreviados, criatura alguma escaparia; mas por causa dos escolhidos, aqueles dias serão abreviados” (Mt 24, 22).
      Deus o abençoe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com