Ao comemorar o 160º aniversário das aparições de Lourdes, meditemos sobre a alegria e o semblante triste de Nossa Senhora, para compreendermos a sua mensagem.

Em 11 de fevereiro de 1858, Nossa Senhora apareceu a Santa Bernadete Soubirous, em Lourdes, na França, cheia de vida, cheia de graça, sorridente, cheia de alegria. Ao comparar esta com as aparições de Fátima, Portugal, percebemos um contraste que nos deixa perplexos. Pois, em Fátima, a Virgem do Rosário aparece aos três pastorinhos, Lúcia, Francisco e Jacinta, com o semblante triste.Ao comemorar o 160º aniversário das aparições de Lourdes, meditemos sobre a alegria e o semblante triste de Nossa Senhora, para compreendermos a sua mensagem.

No entanto, esse contraste entre a alegria e a tristeza de Nossa Senhora se faz presente também nas próprias aparições de Lourdes. Sendo assim, qual seria o motivo do sorriso e da alegria da Virgem Maria? E também qual seria a razão do seu semblante triste? Continue lendo…

Saiba qual é o significado de estabelecer no mundo a devoção ao Imaculado Coração da Virgem Maria.

“Jesus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração”, disse a Santíssima Virgem Maria aos três pastorinhos, Lúcia dos Santos e seus primos Francisco e Jacinta Marto, depois de lhes mostrar o Inferno. Esta revelação surpreendente aconteceu na terceira aparição da Senhora do Rosário em Fátima, Portugal, no dia 13 de Julho de 1917.

Saiba qual é o significado de estabelecer-se no mundo a devoção ao Imaculado Coração da Virgem Maria.

Imaculado Coração de Maria

Irmã Lúcia nos explica o significado dessa afirmação da Santíssima Virgem, que expressa a vontade de seu Filho Jesus Cristo para a humanidade:

Estabelecer no mundo a devoção ao Coração Imaculado de Maria significa levar as pessoas a uma plena consagração de conversão, doação, íntima estima, veneração e amor. É, pois, neste espírito de consagração e conversão que Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao Coração Imaculado de Maria[1].

Continue lendo…

Neste mês, no qual celebramos Nossa Senhora das Graças, rezemos pelas almas do purgatório, que tanto necessitam das graças divinas.

É significativo que em novembro celebremos a festa de Nossa Senhora das Graças e este mês seja dedicado à oração pelas almas do purgatório. Em uma de suas aparições na rue du Bac, em Paris, na França, que aconteceu justamente no dia 27 de novembro de 1830, Nossa Senhora revelou a Santa Catarina Labouré algo muito surpreendente, que nos ajuda a compreender a importância da oração pelas almas do purgatório.

Nesta aparição, a Santíssima Virgem apareceu vestida de branco, com indizível beleza, trazendo nas mãos uma esfera de ouro que representava o globo terrestre, o mundo inteiro e cada pessoa em particular, que estão sob os seus cuidados maternos. Nos dedos da Virgem Maria, Catarina vê anéis revestidos de belíssimas pedras preciosas, das quais saíam raios muito brilhantes. “Estes (raios) são o símbolo das graças que Eu derramo sobre as pessoas que mas pedem”[1], explicou Nossa Senhora. Mas, havia também anéis dos quais não partiam raios, a respeito dos quais a Santíssima Virgem disse: “Os anéis dos quais não partem raios simbolizam as graças que se esquecem de me pedir”[2].

Certamente que muitas dessas graças, que nos esquecemos de pedir, seriam destinadas às almas do purgatório. Isto é uma grande falta de caridade, pois essas almas muito padecem e não têm mais como rezar por si mesmas nem como adquirir méritos, que poderiam livrá-las desse sofrimento. Continue lendo…

Conheça relatos que comprovam que um mártir acreditou nas aparições de Nossa Senhora das Graças em Cimbres.

Neste artigo, Ana Lígia Lira, mestranda em História pela UFRPE, autora do livro “O Diário do Silêncio”, transmite-nos o resultado de suas pesquisas a respeito de uma mística e de um mártir que creram nas aparições de Cimbres.

Conheça relatos que comprovam que um mártir acreditou nas aparições de Nossa Senhora das Graças em Cimbres.

Friedrich Ritter von Lama, Schriftsteller, NS-Opfer, ermordet.

O artigo foi dividido em duas partes. Nesta segunda parte, conheceremos o parecer de Friedrich Ritter von Lama a respeito das aparições de Nossa Senhora das Graças em Cimbres, na atual cidade de Pesqueira, em Pernambuco. Saberemos também o que Nossa Senhora disse a respeito desse homem nas aparições de Cimbres e qual foi o seu fim. A seguir, leia a segunda parte do artigo de Ana Lígia: Continue lendo…

Conheça relatos que comprovam que uma mística e um mártir creram nas aparições de Nossa Senhora das Graças em Cimbres.

Neste artigo, Ana Lígia Lira, mestranda em História pela UFRPE, autora do livro “O Diário do Silêncio”, transmite-nos o resultado de suas pesquisas a respeito de uma mística e de um mártir que creram nas aparições de Cimbres.

Conheça relatos que comprovam que uma mística e um mártir creram nas aparições de Nossa Senhora das Graças em Cimbres.

Therese Neumann: Bundesarchiv, Bild 102-00241 / Ferdinand Neumann – Bild urheberrechtlich geschützt / CC-BY-SA 3.0.

O artigo foi dividido em duas partes. Na primeira, saberemos qual foi o primeiro escrito a respeito das aparições de Nossa Senhora das Graças em Cimbres, na atual cidade de Pesqueira, em Pernambuco. Conheceremos também o autor desse escrito e a sua ligação com uma mística, que deu seu parecer sobre as aparições de Cimbres. Leia a primeira parte do artigo de Ana Lígia: Continue lendo…

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com