Meditemos com Nossa Senhora de Guadalupe sobre a segunda vinda de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

Neste Advento, meditemos sobre as aparições de Nossa Senhora de Guadalupe e a segunda vinda de seu Filho Jesus Cristo. Pois, como diz o santo Evangelho, não sabemos o dia nem a hora que o Senhor há de voltar (cf. Mt 25, 13) e, por isso, precisamos nos preparar.

Meditemos com Nossa Senhora de Guadalupe sobre a segunda vinda de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

Imagem de Nossa Senhora de Guadalupe

A imagem de Nossa Senhora de Guadalupe, que de certa forma representa a visão de São João no capítulo 12 do livro do Apocalipse, nos ajuda a compreender a mensagem o Evangelho e a preparar a segunda vinda de Jesus Cristo. Além disso, neste Ano Mariano apareceu “um grande sinal no céu” (Ap 12, 1), que nos ajuda a refletir e a preparar as nossas mentes e os nossos corações para a vinda do Senhor Jesus.
Continue lendo…

Meditemos sobre a Imaculada Conceição da Virgem Maria no mistério da Redenção em Jesus Cristo.

A solenidade da Imaculada Conceição está em perfeita sintonia com o espírito do tempo do Advento. Pois, enquanto a Igreja se prepara para a vinda de Jesus Cristo, o Redentor da humanidade, é justo fazer memória daquela Mulher, a Virgem Imaculada, que foi concebida sem qualquer mancha de pecado, porque Deus Pai a escolheu para Mãe de seu Filho.

Meditemos sobre a Imaculada Conceição da Virgem Maria no mistério da Redenção em Jesus Cristo.

Immaculate Conception – Peter Paul Rubens

A vocação de Maria Santíssima está em um lugar de evidência na história da salvação da humanidade. Pois, ela é o primeiro fruto da redenção, porque foi preservada de toda mancha do pecado original, em virtude dos merecimentos de Jesus Cristo. No entanto, o privilégio da Imaculada Conceição não significa apenas a ausência do pecado, mas também e principalmente a plenitude da graça, que nos foi revelada pelo Arcanjo São Gabriel: “Salve, ó cheia de graça, o Senhor está contigo” (Lc 1, 28). Continue lendo…

Saiba o que são as três vindas de Jesus Cristo e qual a importância da Virgem Maria em cada uma delas.

No Tempo do Advento, aprofundamos o tema das três vindas de Jesus Cristo, que está intimamente ligado a Santíssima Virgem Maria. No entanto, antes de tratar desta ligação, é importante sabermos com clareza o que são essas três vindas de Jesus. Duas delas são realizações de promessas de Deus. Mas, uma dessas vindas ainda está por se cumprir e nela, como nas outras, Nossa Senhora tem uma missão fundamental.

Saiba o que são as três vindas de Jesus Cristo e qual a importância da Virgem Maria em cada uma delas.

Nossa Senhora da Anunciação

A primeira promessa nos foi dada pelo profeta Isaías: “uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamará Deus Conosco” (Is 7, 14); e se cumpriu no mistério da Encarnação do Verbo de Deus, no ventre da Virgem de Nazaré (cf. Lc 1, 26-38). A segunda nos foi dada pelo próprio Cristo, quando disse: “Estai, pois, preparados, porque, à hora em que não pensais, virá o Filho do Homem” (Lc 12, 40; cf. Mt 24, 44). Há dois mil anos, a Igreja vive na expectativa da segunda vinda de Cristo. Podemos até pensar que foi perda de tempo viver nessa expectativa, mas não foi, pois o Senhor também prometeu: “Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo” (Mt 28, 20). Esta é a terceira vinda: Jesus está conosco e nos visita de modo particular, às vezes nos momentos em que menos esperamos. Continue lendo…

Para melhor conhecer Jesus Cristo, meditemos sobre a Sua dependência e submissão a Virgem Maria no tempo e na eternidade.

Nesta terceira semana de preparação para a consagração, para conhecer melhor nosso Senhor Jesus Cristo, meditemos sobre a Sua dependência e submissão a Santíssima Virgem Maria no Mistério da Redenção da humanidade. Para tanto, nos voltemos para a mariologia de São Luís Maria Grignion de Montfort, contida particularmente no “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem”. Segundo o Santo, Maria Santíssima tem sido insuficientemente conhecida até agora e esta é uma das razões por que Jesus Cristo não é conhecido como deve ser1Para melhor conhecer Jesus Cristo, meditemos sobre a Sua dependência e submissão a Virgem Maria no tempo e na eternidade.

A primeira lição que aprendemos com o Divino Mestre é que, antes de sua vida pública, Ele permaneceu a maior parte de sua vida na casa de Maria. Com a Virgem de Nazaré, o Menino Jesus aprendeu a dar seus primeiros passos, ouviu as primeiras passagens das Sagradas Escrituras, conheceu a história e a cultura do Povo de Deus. Na escola de Maria, Jesus aprendeu a depender e ser submisso principalmente através do exemplo de sua Mãe Santíssima. Pois, em tudo Nossa Senhora era dependente e submissa, em primeiro lugar a Deus, mas também ao seu esposo São José. Desta forma, na casa de Maria, Jesus se preparava para a dependência total de Deus e a submissão plena à Sua vontade. Continue lendo…

Saiba qual é o significado de estabelecer no mundo a devoção ao Imaculado Coração da Virgem Maria.

“Jesus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração”, disse a Santíssima Virgem Maria aos três pastorinhos, Lúcia dos Santos e seus primos Francisco e Jacinta Marto, depois de lhes mostrar o Inferno. Esta revelação surpreendente aconteceu na terceira aparição da Senhora do Rosário em Fátima, Portugal, no dia 13 de Julho de 1917.

Saiba qual é o significado de estabelecer-se no mundo a devoção ao Imaculado Coração da Virgem Maria.

Imaculado Coração de Maria

Irmã Lúcia nos explica o significado dessa afirmação da Santíssima Virgem, que expressa a vontade de seu Filho Jesus Cristo para a humanidade:

Estabelecer no mundo a devoção ao Coração Imaculado de Maria significa levar as pessoas a uma plena consagração de conversão, doação, íntima estima, veneração e amor. É, pois, neste espírito de consagração e conversão que Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao Coração Imaculado de Maria[1].

Continue lendo…

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com