Como entregar nossos bens materiais a Maria?

Padre Paulo Ricardo nos fala como entregar tudo nas mãos de Nossa Senhora.

Como entregamos os bens materiais a Virgem Maria?Padre Paulo Ricardo nos explica como entregar tudo nas mãos de Nossa Senhora. Pois, durante a preparação para a consagração, segundo o método do “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”, de São Luís Maria Grignion de Montfort, podem surgir algumas dúvidas. Quais as coisas que vamos entregar? Como entregaremos tudo nas mãos da Virgem Maria? Essas são questões essenciais, pois na consagração entregamos tudo nas mãos de Nossa Senhora.

Como isso se dá na prática? Como vamos entregar nossos bens materiais a Nossa Senhora?

Receba o conteúdo deste blog gratuitamente em seu e-mail.

Na consagração, além dos bens espirituais, precisamos entregar também os bens materiais. Porém, isso não quer dizer que vou dar tudo para a Igreja. O que temos que fazer é entregar tudo para a Virgem Maria. A sua casa não é mais sua, é a casa de Nossa Senhora. Os seus bens, sua conta bancária, sua roupa, seus livros, tudo é da Virgem Maria. Isso muda a nossa vida porque temos que fazer constantemente um exame de consciência. Você vai a uma loja comprar uma roupa, você sabe que ela não é sua, ela é de Maria. Você é o escravo e vai comprar uma coisa para Nossa Senhora, para a sua Mãe.

E como era a Virgem Maria? Se você forem a Loreto, na Itália, lá está a casa de Nossa Senhora. Os cruzados levaram as três paredes de pedra da sua para a Itália. A quarta parede era uma gruta. Maria morava num casebre. Aquela pequena gruta era o quarto da Virgem Maria. Lá está escrito: hic Verbum caro factum est (aqui o Verbo se fez carne), naquela gruta simples. Você está entendendo o que é morar numa caverna? Você vai começara perguntar assim: como eu vou decorar a casa de Nossa Senhora? Você não vai mais comprar as coisas para a sua casa, é a casa de Maria. Você vai olhar para um quadro e perguntar: será que Nossa Senhora vai gostar desse quadro?

Claro que você poderia fazer isso perguntando: será que Jesus gostaria desse quadro? Ou perguntar: será que Deus quer que eu compre isso? Você poderia fazer isso direto com Deus. Mas, fazendo com Maria você acrescenta um toque materno, um toque de delicadeza, um toque de ternura. Isso ajuda você que tem o pecado original e tem uma tendência de radicalizar as coisas de Deus, como se Ele fosse sanguinário, a ver que Maria tinha sua casa, simples mas era uma dona de casa. Ela sabia cuidar da sua casa e tornar um lugar aconchegante.

Se a gente tivesse como modelo João Batista, todos nós teremos que comer gafanhoto usar pele de camelo. Mas, como temos Maria como modelo, fica mais simples você decorar a casa de Nossa Senhora. Como é que ela gosta? Eu vou comprar um carro. Como é o carro que Nossa Senhora gosta de andar? Qual é a roupa que Nossa Senhora que para seu escravo? Este é o novo estilo de vida que a consagração nos oferece para sermos todos de Maria e, dessa forma, sermos todos de Jesus.

Este é o segundo artigo da série “Como fazer a consagração?”, retirado de palestras do Padre Paulo Ricardo no I Consagra-te de Cuiabá, em 2011. Leia também o primeiro artigo, intitulado “Qual é o segredo para a felicidade?“.


Natalino Ueda, sacerdote diocesano, incadinado na Arquidiocese de Cuiabá, formado em Filosofia e Teologia e pós-graduado em Logotetapia e Análise Existencial, é o autor do blog Todo de Maria, que tem como temas principais a consagração a Santíssima Virgem Maria, segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, e a devoção mariana.

Comments

comments