Os homens católicos, especialmente aqueles que são devotos ou consagrados a Virgem Maria, são chamados a viver com simplicidade e modéstia.

Há algum tempo, existe um movimento crescente de conscientização das mulheres católicas, especialmente daquelas que se consagraram a Jesus Cristo pelas mãos da Virgem Maria, de vestirem-se com modéstia, com pudor, e de valorizarem a feminilidade. No entanto, o movimento dos homens católicos que buscam vestir-se com modéstia – até mesmo entre os devotos e consagrados a Santíssima Virgem – ainda não é tão expressivo na maioria das comunidades.

Os homens católicos, especialmente aqueles que são devotos ou consagrados a Virgem Maria, são chamados a viver com simplicidade e modéstia.

São Luís Maria e Nossa Senhora, Rainha dos Corações.

Discutir a razão para essa diferença certamente nos levaria muito longe e talvez tornasse essa reflexão longa e pouco objetiva, por isso não entraremos nesse mérito da questão. O que de fato importa é que nós homens nos conscientizemos da importância da modéstia no nosso modo de ser e de vestir em nosso aperfeiçoamento humano e espiritual. Continue lendo…

Saibamos se as pessoas que estão em estado de pecado podem se consagrar a Jesus Cristo, pelas mãos da Virgem Maria.

Muitas pessoas nos escrevem perguntado se podem se consagrar a nosso Senhor Jesus Cristo e a Santíssima Virgem Maria em estado de pecado, ou seja, em situações irregulares como: os amasiados, em segunda união e/ou casados somente no civil; os casais de namorados que cometem o pecado da fornicação (tem relações sexuais antes do Matrimônio); as pessoas que têm o vício da masturbação e/ou da pornografia; e pessoas em tantas outras situações de pecado, nas quais estão privadas da graça santificante.

Saibamos se as pessoas que estão em estado de pecado podem se consagrar a Jesus Cristo, pelas mãos da Virgem Maria.

Nossa Senhora do Bom Conselho

Antes de responder se quem está em estado de pecado pode se consagrar, veremos primeiramente em que consiste o pecado mortal e quais as suas consequências espirituais para nós. Depois, veremos como sair do estado de pecado e passar a viver em estado de graça. Por fim, responderemos à pergunta: Quem está em estado de pecado pode se consagrar? Continue lendo…

O que acontece quando, na consagração total, entregamos a Virgem Maria os nossos bens interiores?

Na consagração ou escravidão de amor ao nosso Senhor Jesus Cristo e a Santíssima Virgem Maria entregamos os nossos bens interiores, o valor de nossas boas obras passadas, presentes e futuras[1]. Ao saber disso, podemos pensar que ficaremos desamparados. Podemos ainda pensar que, ao dar a nosso Senhor, pelas mãos da Santíssima Virgem, o valor de todas as nossas boas obras, orações, mortificações e esmolas, nos impossibilitará de socorrer as almas de nossos parentes, amigos e benfeitores.

O que acontece quando, na consagração total, entregamos a Virgem Maria os nossos bens interiores?

Nossa Senhora de Fátima e os três Pastorinhos.

Para responder a estas e a outras questões, veremos primeiramente qual é valor espiritual de nossas boas obras. Depois, veremos o que acontece quando entregamos esses valores a Nossa Senhora e, por fim, saberemos se ficaremos desamparados ou não ao entregar nossos bens espirituais a Jesus Cristo, pelas mãos da Virgem Maria. Continue lendo…

Leia ou assista à entrevista com o testemunho de ex-evangélico sobre como a consagração a Nossa Senhora influenciou sua conversão, e faz parte de sua vida e missão.

Hugo Santos, fundador da comunidade católica Colo de Deus, concedeu uma entrevista ao Padre Francisco Amaral sobre a consagração total a Jesus Cristo, pelas mãos da Virgem Maria. Hugo fez a consagração segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort. Este grande Santo descreve seu método de consagração resumidamente no livro “O Segredo de Maria” e com seu desenvolvimento completo no “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem”.Leia ou assista à entrevista com o testemunho de ex-evangélico sobre como a consagração a Nossa Senhora influenciou sua conversão, e faz parte de sua vida e missão.

Neste post, disponibilizamos o vídeo e a transcrição da entrevista, que trata primeiramente da consagração a Nossa Senhora na conversão, na vida e na missão do Fundador da Colo de Deus. Depois, Hugo nos fala dos sinais exteriores, correntes e outros, e sobre a relação destes com a essência da consagração. Ao final, o ex-protestante convertido dá um recado para católicos e evangélicos sobre a importância da devoção a Virgem Maria para o crescimento espiritual. Continue lendo…

A Associação Maria Rainha dos Corações como confraria desejada por São Luís de Montfort para os consagrados a Jesus por Maria.

São Luís Maria Grignion de Montfort foi o grande inspirador da Associação ou Confraria “Maria Rainha dos Corações”. Este grande Apóstolo da Santíssima Virgem se preocupava em oferecer os meios para garantir a perseverança daqueles que, durante as missões que pregava, renovavam, pelas mãos de Maria, seus votos e promessas batismais.

São Luís tinha um profundo senso de Igreja. Ele sabia perfeitamente que o católico não deve ser um solitário. Ao contrário, deve fazer parte de uma comunidade, da qual necessita e com a qual tem certos deveres. O Santo também tinha consciência de que o batismo consagra-nos a Jesus Cristo e a seu serviço: “o batismo nos converteu em verdadeiros escravos de Jesus Cristo a tal ponto que não devemos mais viver, trabalhar nem morrer senão para dar frutos para esse Deus-homem…”[1]. Continue lendo…

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com